Notícias

Lobo-guará ganha livro com fotos e histórias

O fotógrafo Adriano Gambarini, em parceria com o biólogo Rogério Cunha, lança obra para desmistificar e mostrar a beleza dos lobos do Cerrado.

Redação ((o))eco ·
13 de dezembro de 2013 · 8 anos atrás

((o))eco tem a honra de ter entre seus colaboradores Adriano Gambarini, um dos mais reconhecidos fotógrafos brasileiros de natureza. E é com prazer que anunciamos sua mais nova realização: o livro Histórias de um lobo, escrito em parceria com o biólogo Rogério Cunha de Paula, cujo trabalho que já dura 15 anos com Lobos-guará da Serra da Canastra é reconhecido mundialmente.

Com prefácio do naturalista George Schaller, ícone da conservação, o livro une as imagens de Gambarini com o conhecimento científico de Rógerio para desmistificar o lobo-guará, que eles descrevem como um animal tímido, que se alimenta principalmente de frutos e, por isso, cumpre papel importante de dispersar sementes pelo Cerrado. Ameaçado de extinção, a espécie precisa ser mais apreciada e compreendida.

Guará significa vermelho em tupi. A obra traz 150 imagens desse lobo vermelho, de pernas finas e elegantes, que ocorre na América do Sul, principalmente no Cerrado brasileiro.

 

O lançamento na cidade de São Paulo será nesse sábado. Veja os detalhes:

Data: 14 de dezembro:
Endereço: Galeria Photoarts, Shopping Market Place, entre às 17h e às 22h

 

Sobre o livro:

título: Histórias de um lobo (167 páginas)

Autores: Rogério Cunha de Paula e Adriano Gambarini

Apoio: Lei de Incentivo à Cultura

 

Sobre os autores:

Rogério Cunha de Paula é biólogo, analista ambiental do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Carnívoros (CENAP), do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio/MMA) e pesquisador associado da OSCIP Instituto Pró-Carnívoros. É Coordenador do Plano de Ação Nacional para a Conservação do Lobo-Guará pelo ICMBio e do Grupo de Trabalho para a Proteção do Lobo-Guará na América do Sul. Em 2012, foi apontado como um dos 40 heróis da conservação de todo mundo.

Adriano Gambarini é fotógrafo desde 1992, com experiência em documentação de expedições a regiões remotas. Um dos principais fotógrafos da National Geographic Brasil, é autor  de 12 livros de arte, entre eles Serra da Canastra e Natureza Conservação e Cultura. Finalista do Prêmio Jabuti 2012 com o livro Cavernas no Brasil, assina também os textos das obras Velho Chico, o Rio e Camboja.  Documenta lobos-guará na Serra da Canastra desde 1998.

 

 

Leia também

Blog Lobos da Canastra

 

 

Leia também

Reportagens
13 de maio de 2022

Os Akroá-Gamella resistem e lutam por reconhecimento

Desde 2014, os gamella aguardam demarcação de suas terras e sofrem ataques violentos de fazendeiros da região, irritados pelo processo de retomada deste povo

Salada Verde
13 de maio de 2022

Advogado assume chefia da Superintendência do Ibama no Amapá

Ministro do Meio Ambiente nomeia advogado sem experiência na área ambiental para chefiar Ibama no Amapá. Superintendência estava sem chefe desde novembro

Notícias
13 de maio de 2022

Carlos Nobre é segundo brasileiro a ser eleito para Royal Society depois de Dom Pedro II

Cientista ingressa como Membro Estrangeiro por seu trabalho ligado aos estudos climáticos na Amazônia. Ele fará parte de rol que conta com nomes como Albert Einstein e Isaac Newton

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta