Notícias

Guia de Sinalização de trilhas ganha versão para impressão

Depois do grande sucesso em sua versão online, o Guia Prático de Sinalização de Trilhas ganha agora uma versão para impressão.

Redação ((o))eco ·
31 de agosto de 2014 · 7 anos atrás

O lançamento do Guia Prático de Sinalização de Trilhas foi um grande sucesso. Desde o seu lançamento no dia 13 de agosto o guia já teve mais de 5.000 visualizações de páginas, e o post de lançamento no Facebook recebeu mais de 1000 curtidas, além dos comentários elogiando a iniciativa.

A sinalização direcional de uma trilha tem dois objetivos básicos: indicar a direção correta aos visitantes, evitando que se percam, e facilitar ações de manejo de uma Unidade de Conservação. Assim, evita processos erosivos, impede a criação de atalhos e desestimula o pisoteio de áreas sensíveis.

Agora os leitores do guia vão poder acessá-lo mesmo quando estiverem percorrendo suas trilhas favoritas. Com uma diagramação caprichada, o Guia Prático de Sinalização de Trilhas ganhou uma versão em PDF, que pode ser lida em telefones celulares, tablets, notebooks ou até mesmo impressa em papel e levada para o meio do mato, ajudando as pessoas a sinalizar trilhas quando não têm acesso à internet. Acesse hoje mesmo a página do guia e faça o download da versão portátil.

 

 

Leia também

Guia de Sinalização de Trilhas, por Pedro da Cunha e Menezes
Os caminhos da trilha Transcarioca

 

 

Leia também

Reportagens
25 de outubro de 2021

Como os estados cuidam da Amazônia: comparamos dados de proteção, orçamento e desmatamento

Análise exclusiva do ((o))eco se debruça sobre dados ambientais dos nove estados da Amazônia Legal para compreender diferenças e semelhanças nas políticas públicas regionais

Notícias
22 de outubro de 2021

“Adote um ninho”: Conheça a campanha para a preservação dos papagaios brasileiros

Campanha busca incentivar a proteção dos papagaios por meio da construção de ninhos artificiais para suprir a falta de cavidades naturais, que estão diminuindo por conta do desmatamento

Análises
22 de outubro de 2021

Por uma nova onda de soluções para a resiliência e a saúde do oceano

Estudo do FMI estima que 8 milhões de toneladas de lixo plástico acabam no mar todos os anos, sendo 80% provenientes do continente. Se não mudarmos esse quadro, o oceano terá mais lixo do que peixes até 2050

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta