Reportagens

Fumaça em Rio Branco

Imagem de satélite do último dia 06 mostra a escala das queimadas na Amazônia que afetam a qualidade do ar na capital do Acre.

Gustavo Faleiros ·
9 de agosto de 2010 · 11 anos atrás

O jornalista acreano Altino Machado alertou nesta segunda-feira em sua página no twitter que a capital de seu estado, Rio Branco, tem sofrido nos últimos dias com a fumaça causada por queimadas no Acre, Rondônia, Mato Grosso e Bolívia. 

A partir do alerta de Altino, ((o))eco fez uma busca nas imagens de satélite da NASA e encontrou registros impressionantes da escala das queimadas no último dia 6 de agosto na região oeste da Amazônia. A imagem abaixo captada pelo sensor MODIS a bordo do satélite Aqua mostra diversos focos de incêndio na Bolívia e, em menor número, nos estados brasileiros. Para enxergar os pontos de queima utilize a ferramenta de zoom ou amplie a imagem nos cursores no canto direito inferior da tela abaixo

créditos: Imagem NASA/Arte:((o))eco

Você também pode baixar esta imagem para vê-la em seu Google Earth (arquivo KMZ 2MB – Se você não tem Google Earth, clique aqui para baixar)

Para ler mais sobre as queimadas
Reportagem de Altino Machado – Incêndio destrói 500 hectares de mata nativa em assentamento no Acre
Reportagem de ((o))eco Amazônia – Temporada de fogo na Amazônia boliviana

(Gustavo Faleiros)

  • Gustavo Faleiros

    Editor da Rainforest Investigations Network (RIN). Co-fundador do InfoAmazonia e entusiasta do geojornalismo. Baterista dos Eventos Extremos

Leia também

Notícias
24 de janeiro de 2022

Satélites apontam garimpo como responsável pela mudança da cor da água do rio Tapajós

Análise de imagens de satélite feita pelo MapBiomas aponta evidências de que a coloração diferente nas águas do rio paraense é resultado da explosão do garimpo na região

Notícias
21 de janeiro de 2022

Em discurso de pré-candidatura, Ciro Gomes defende economia de baixo carbono

Durante a Convenção Nacional do PDT, o pré-candidato diz que a pauta ambiental é um instrumento de proteção dos ecossistemas e uma oportunidade de investimento

Análises
21 de janeiro de 2022

O Agro quer seguro rural, mas precisa mesmo é do Código Florestal

Sem cumprir as leis ambientais e sofrendo com mudanças climáticas, lideranças do Agro se mobilizam para ampliar o seguro rural com dinheiro público. Rios e florestas seguem em agonia. Moro já aderiu

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 3

  1. Fernando César de Mattos diz:

    Eu nunca vi seguro dar prejuízo. Além disso, a parte que o der, pode ser encarada como subsídio.
    Não bastasse, muito melhor ajudar o agro do que dar 6 bi para fundo eleitoral. Sem agro, a fome vem, e ela é nefasta.
    Não quero dizer com isso que o meio ambiente não deva ser protegido de maneira aguerrida, só que o agro não é esse vilão que tentam passar para o povo. A gente já vai pra cama, cheia de produtos de algodão ( agro) e, quando, acorda usamos na alimentação tudo que é produzido pelo agro, e por aí vai…..


    1. Paulo diz:

      Até quando. A conta vai chegar, e aí………


  2. Fabio diz:

    Lembrando que o Código Florestal foi mutilado nos governos Lula e Dilma, que marcam a ascensão política do Agro Criminoso. Relembrar é viver