Salada Verde

Governo relança cartilha sobre consumismo infantil

Com média de 5 horas diárias em frente à TV, crianças brasileiras são bombardeadas por propagandas e vítimas fáceis do consumo desenfreado.

Redação ((o))eco ·
10 de junho de 2013 · 11 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
A cartilha Consumismo Infantil: na Contramão da Sustentabilidade. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr.
A cartilha Consumismo Infantil: na Contramão da Sustentabilidade. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr.

O consumismo infantil é um problema que atinge pais, educadores, governos e foi tema de oficina da programação da Semana do Meio Ambiente do Ministério do Meio Ambiente. O evento ocorreu na tarde da quinta-feira (06/06) passada, no Rio de Janeiro, e foi organizado em parceria com o Instituto Alana. Ao mesmo tempo, foi relançada a cartilha “Consumismo infantil: na contramão da sustentabilidade”, publicação que faz parte da série Cadernos de Consumo Sustentável, lançada pela primeira vez em novembro de 2012.

A cartilha apresenta dados sobre a influência das propagandas nas crianças. Para se ter uma ideia, 15% da população infantil do país está obesa, índice associado ao consumo excessivo de alimentos industrializados que, por sua vez, são difundidos por intensas campanhas de propaganda. Não é para menos, as crianças brasileiras ficam em média 5 horas em frente à TV, taxa entre as maiores do mundo. Isso significa 35 horas por semana, quase uma jornada de trabalho típica, em que os pequenos estão expostos a persuasão dos comerciais.

O consumismo infantil já foi tema de um documentário feito pelo Instituto Alana, que colaborou com a formulação da cartilha. O documentário “Criança, a alma do negócio” (veja na íntegra) debate a questão a publicidade voltada para as crianças e dos problemas causados pelo consumismo infantil.

Na cartilha, de 9 páginas, pais e professores recebem dicas de como educar as crianças para o consumo sustentável. Brincadeiras que estimulam a troca e a reflexão (Eu quero ou Eu preciso?) estão entre as dicas.

Mariana Meirelles, secretária de Articulação Institucional e Cidadania do Ministério do Meio Ambiente, destacou a importância do público infantil na implantação do Plano de Ação para Produção e Consumo Sustentáveis, conjunto de medidas lançado em novembro de 2011. “Trabalhar um novo padrão de consumo para as crianças é estruturante para o sucesso das iniciativas”, afirmou.

Confira na íntegra a cartilha “Consumismo infantil: na contramão da sustentabilidade”.

Leia também

Notícias
17 de junho de 2024

Imagens mostram comboio do Exército ao lado de incêndio no Itatiaia

Câmera do parque nacional mostra momento em que veículos militares aparecem ao lado de foco de incêndio, ainda em estágio inicial. Dois dias depois, fogo já consumiu 160 hectares

Salada Verde
14 de junho de 2024

Palmeiras chama atenção para o desmatamento ilegal em partida do Brasileirão

Em ação com sua fornecedora de material esportivo, o clube jogou sua última partida com dois modelos de camisa: no primeiro tempo, mais verde; no segundo, espaços em branco

Salada Verde
14 de junho de 2024

Filhote de onça-pintada é registrado no Parque Nacional do Iguaçu

Novo filhote, batizado de Yasú, que significa "amor", em Tupi, tem pouco mais de um ano de vida

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.