Salada Verde

INEA promove curso com gestores do Rio de Janeiro

Instituto que administra as áreas protegidas do estado reuniu esta semana 50 profissionais para debater como aprimorar os parques.

Redação ((o))eco ·
26 de março de 2015 · 8 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Ao fundo, Pedro Menezes, um dos palestrantes do dia, fala a gestores de áreas protegidas do estado do Rio de Janeiro. Foto: Marcio Isensee
Ao fundo, Pedro Menezes, um dos palestrantes do dia, fala a gestores de áreas protegidas do estado do Rio de Janeiro. Foto: Marcio Isensee

Entre 24 e 28 de março, o projeto Educação Ambiental em Unidade de Conservação (EdUC) realiza o segundo e último módulo do curso para gestores de áreas protegidas do estado do rio de janeiro, coordenado pelo INEA (Instituto Estadual de Meio Ambiente) e realizado pelo Instituto Moleque Mateiro.

O evento tem parceria com a ONG Conservação Internacional e aborda temáticas relacionadas a uso público, turismo e educação ambiental em UCs.

Palestrante no primeiro dia, Pedro da Cunha e Menezes, presidente da Associação Oeco, que produz o site ((o))eco, apresentou um panorama mundial e nacional do estado e do potencial do ecoturismo em áreas protegidas. Menezes resumiu assim sua palestra: “É importante os gestores terem em mente duas premissas, que a visitação é um direito do cidadão em busca de reconexão com a natureza, e que esta só é danosa se não for manejada”.

Durante os 5 dias do curso, palestrantes dos setores governamentais, empresarias e do 3o setor realizam palestras para quase 50 participantes, complementadas por debates, exibições audiovisuais e uma visita a Área de Proteção Ambiental Guapimirim.

O INEA gere 31 Unidades de Conservação, das quais 16 são de proteção integral e 15 de uso sustentável. No total, elas ocupam 9,2% do território fluminense.

 

 

Leia também
O papel das trilhas de longo curso na gestão de UCs
Parque Estadual da Pedra Branca ganha guia de trilhas

 

 

 

Leia também

Reportagens
9 de dezembro de 2022

Ibama multa proprietário que domesticou araras azuis para atrair turistas

Aves eram usadas por empreendimento turístico para atrair visitantes e moravam em um carro velho. Fiscais encontraram comida inadequada usada para alimentar as araras

Reportagens
9 de dezembro de 2022

Mato Grosso se consolida como reduto de atos golpistas na Amazônia Legal

Afastamento de prefeito e prisão de empresário com registro de CAC reforçam o estado como um dos centros de planos e financiadores de atos golpistas que questionam eleição de Lula

Notícias
9 de dezembro de 2022

Lula vai herdar cerca de 5 mil km² do desmatamento causado pelo governo Bolsonaro

Somente em novembro, Amazônia perdeu 555 km² de florestas. O número, atualizado nesta sexta-feira (9) pelo INPE, é 123% maior que novembro de 2021

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta