Salada Verde

Lançamento: Guia de bolso das aves do Cerrado

O guia de bolso reúne 72 espécies da avifauna do Cerrado, de espécies ameaçadas como o pato-mergulhão, ao raro beija-flor chifre-de-ouro

Duda Menegassi ·
8 de abril de 2021
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Há duas décadas na estrada com a câmera na mão para fazer o registro da avifauna brasileira, o casal Renato Rizzaro e Gabriela Giovanka preparou mais um guia de aves, desta vez do Cerrado. A expedição ao bioma foi realizada no segundo semestre de 2014 e colecionou cliques especiais como o raro beija-flor chifre-de-ouro, o emblemático meia-lua-do-cerrado e o ameaçado tiriba-de-pfrimer.

O guia de bolso reúne 72 espécies de aves e conta ainda com registros de fotógrafos convidados, que apoiaram a produção desta edição, que contempla as principais espécies do Cerrado.

O Guia de Bolso de aves do Cerrado está à venda por R$21 reais (mais as despesas de Correio) e pode ser enviado para qualquer lugar do Brasil. A publicação também pode ser adquirida na loja do passarinho, que além disso vende os pôsteres das outras coleções. O combo pôster + guia de bolso custa 50 reais.

Guia de Aves do Cerrado/Reprodução

*Em destaque: O beija-flor chifre-de-ouro, espécie que ilustra a capa do guia. Foto: Renato Rizzaro

Leia também

  • Duda Menegassi

    Jornalista ambiental especializada em unidades de conservação, montanhismo e divulgação científica. Escreve para ((o))eco des...

Leia também

Notícias
24 de novembro de 2020

Conheça o guia de bolso das Aves do Pantanal

Material é o mesmo do pôster de Aves do Pantanal, lançado em 2012. O novo formato permite levar o guia nas viagens de campo. Confira

Análises
27 de janeiro de 2022

Um lugar para as onças da Mata Atlântica na Década da Restauração

A Mata Atlântica é um pacote completo, com onças e tudo; é preciso urgentemente nos conscientizarmos que uma floresta sem bichos não tem futuro

Colunas
26 de janeiro de 2022

O que você levaria se tivesse que abandonar sua casa em 1 minuto?

Migração forçada por causa de fatores climáticos serão cada vez mais frequentes e atingirão mais pessoas. É preciso focar em políticas públicas para mitigar seus impactos

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta