Salada Verde

Leões criados ilegalmente são sacrificados após ataque a dono

Michal Prasek teve o corpo dilacerado por um dos animais que criava sem autorização, no quintal de sua casa, na República Tcheca. Leoa morta estava grávida

Sabrina Rodrigues ·
7 de março de 2019 · 4 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Os leões ficavam em jaulas separadas no quintal da casa do tcheco Michal Prasek. Foto ilustrativa/ Gary J. Wood/Flickr.

Dois leões foram sacrificados após um homem, que criava ilegalmente os animais no quintal de casa, ser atacado por um dos felinos − um macho de nove anos. O corpo de Michal Prasek, de 33 anos, foi encontrado em uma das jaulas pelo seu pai, que chamou em seguida a polícia. O caso aconteceu na terça-feira (05), na cidade de Zdechov, no leste da República Tcheca..

Os leões foram mortos a tiros pelos policiais, que justificaram o ato como única solução para retirarem o corpo de Michal Prasek da jaula, que estava trancada por dentro com os animais.

Prasek criava o leão macho de nove anos, autor do ataque, e uma leoa mais nova, sem idade exata divulgada, em compartimentos separados. O leão foi adquirido por Michal em 2016; um ano depois, Prasek comprou uma leoa de olho na reprodução. A leoa foi morta grávida.

Sem autorização

A presença dos animais não agradava nem aos vizinhos de Michal e tampouco às autoridades locais,  que negaram à Prasek autorização para a construção das jaulas. O conflito entre Michal e às autoridades chegou a um impasse depois que ele se recusou a deixar alguém entrar em sua propriedade.

Mas Michal Prasek acabou se beneficiando do fato de a República Tcheca não dispor de instalações alternativas para abrigar os animais e como não havia evidências de maus tratos aos leões, as autoridades não podiam levá-los à força. Prasek recebeu apenas uma multa por criação ilegal de animais.

Em junho do ano passado, a leoa ganhou as manchetes dos jornais, depois de atacar um ciclista enquanto Michal a conduzia pela coleira. A polícia chegou a investigar o caso, mas o considerou como acidente de trânsito.

A World Animal Protection, uma organização de bem-estar animal, declarou que a morte dos leões foi um exemplo do “por que animais selvagens como grandes felinos não devem ser mantidos como animais de estimação”.

O corpo de Michal Prasek foi levado para a autópsia.

 

Assista ao vídeo dos leões enjaulados no quinta da casa de Michal Prasek:


Leia Também

Onça-parda morre estrangulada em trilha nos EUA

Caçador morre esmagado por elefante na Namíbia

Encurralado por cães, filhote de onça-pintada é resgatado em Mato Grosso

 

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Salada Verde
14 de fevereiro de 2019

Encurralado por cães, filhote de onça-pintada é resgatado em Mato Grosso

Felino estava perambulando sozinho em assentamento quando foi resgatado por agentes da Secretaria de Meio Ambiente

Salada Verde
17 de agosto de 2017

Caçador morre esmagado por elefante na Namíbia

O argentino José Monzalvez, de 46 anos, estava na Namíbia em busca de troféus de caça, quando foi pisoteado por um elefante

Salada Verde
7 de fevereiro de 2019

Onça-parda morre estrangulada em trilha nos EUA

Em um ataque contra um turista, segundo maior felino das Américas levou a pior. Incidente ocorreu na trilha de West Ringe, no Colorado

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. AAI diz:

    Não tenho pena de quem gosta de manter animais selvagens engaiolados, como objetos pessoais.