Salada Verde

Ministério contraria pesca de arrasto no Rio Grande do Sul

Parecer técnico do órgão federal foi repassado à Corte Suprema, que amanhã pode bater o martelo sobre a prática no estado.

Aldem Bourscheit ·
22 de junho de 2023
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Barrada pelo então ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles, que atuou de janeiro de 2019 a junho de 2021, uma nota técnica conhecida hoje posiciona o Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima (MMA) contra a pesca de arrasto no Rio Grande do Sul. 

“A restrição para emprego de toda e qualquer rede de arrasto tracionada por embarcações motorizadas [no estado] representa significativo efeito positivo para a preservação de espécies marinhas, muitas das quais ameaçadas de extinção, propiciando ainda a proteção de ecossistemas costeiros contra os impactos dessas modalidades de pesca”, diz o documento.

O parecer foi repassado por ongs ao Supremo Tribunal Federal (STF), que  julga amanhã se os arrastões serão barrados de vez na costa gaúcha. Uma lei estadual baniu a prática há quase 5 anos, mas foi contestada por liminar do ministro Kassio Nunes Marques, indicado ao STF por Jair Bolsonaro.

O arrasto desperdiça em média 70% das espécies capturadas. Elas são devolvidas ao mar, usualmente mortas, podendo colapsar a vida marinha. Comunidades locais de pescadores relatam que os estoques de peixes se recuperam após sua proibição no Rio Grande do Sul. Saiba mais aqui.

  • Aldem Bourscheit

    Jornalista brasilo-luxemburguês cobrindo há mais de duas décadas temas como Conservação da Natureza, Crimes contra a Vida Sel...

Leia também

Notícias
28 de abril de 2022

Justiça concede liminar e Rio Grande do Sul volta a proibir pesca de arrasto

Justiça Federal acolheu o pedido da Procuradoria-Geral do Estado (PGE-RS). Fica proibida a pesca de arrasto das três até as 12 milhas náuticas na costa do estado

Salada Verde
3 de junho de 2022

Rio Grande do Sul unido contra a pesca de arrasto

Pescadores, governo e judiciário gaúchos pedem a volta de políticas que conservem estoques pesqueiros e o banimento definitivo dos arrastões no litoral do estado

Salada Verde
17 de dezembro de 2020

Kassio Nunes concede liminar para pesca de arrasto na costa do Rio Grande do Sul

O Ministro do Supremo Tribunal Federal concedeu uma liminar que autoriza a pesca com rede de arrasto dentro das 12 milhas náuticas da zona costeira do Rio Grande do Sul, contrariando lei estadual

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Comentários 1

  1. Luiz Prado diz:

    Que texto confuso, mal redigido!