Salada Verde

MPF quer que mineradora pague por danos ambientais na Bahia

A empresa Plumbum terá que pagar multa de mais de R$ 59 milhões por contaminação da área por cádmio e chumbo. Mineradora descumpriu determinação da Justiça..

Daniele Bragança ·
13 de março de 2017 · 5 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Santo Amaro, Bahia. foto: Andrea Moroni/Flickr.
Santo Amaro, Bahia. foto: Andrea Moroni/Flickr.

O Ministério Público Federal entrou com uma ação na sexta-feira (10) junto à Justiça Federal para que a mineradora Plumbum Comércio e Representações de Produtos Minerais e Industriais Ltda seja obrigada a pagar multa no valor de R$ 59.332.082,50 por danos ambientais em Santo Amaro, na Bahia.

A mineradora Plubum vem sendo acionada desde 1993, ano em que encerrou as suas atividades na região. Mesmo 24 anos depois do fim das atividades, os danos causados à população e ao meio ambiente ficaram: o solo da região foi contaminado por cádmio e chumbo. Uma liminar emitida pelo MPF em 2003 determinava o cercamento da área contaminada, a implantação de placas indicativas da existência de material tóxico no local, o controle da área para evitar o trânsito de pessoas e de animais a instalação de uma “área alagadiça”, que evitasse a migração de resíduos para o leito do Rio Subaé, a 300 metros do local. Mas, a Plubum não obedeceu às determinações judiciais e agora o MPF quer que ela pague por isso.
*Com informações da Assessoria de Imprensa do MPF.

 

Leia Também

MPF pede a suspensão de licença de Belo Monte

MPF ajuíza ação para a suspensão de licenças para garimpo em área de proteção ambiental

Chumbo amigo

 

  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Reportagens
15 de abril de 2005

Chumbo amigo

Adrianópolis ficou marcada por um dos maiores casos de contaminação por resíduos tóxicos no Paraná. Acusação vazia: não há nem sombra de intoxicação na cidade.

Salada Verde
21 de dezembro de 2016

MPF ajuíza ação para a suspensão de licenças para garimpo em área de proteção ambiental

Segundo o MPF, as licenças concedidas para Ruy Barbosa de Mendonça pela Secretaria de Meio Ambiente de Itaituba, no Pará, e pelo DNPM são ilegais

Salada Verde
30 de novembro de 2016

MPF pede a suspensão de licença de Belo Monte

Ação ajuizada pelo órgão federal pretende parar as atividades da empresa responsável pela hidrelétrica até que impactos à pesca sejam atenuados

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. paulo diz: