Salada Verde

Site ‘Em Defesa do Fundo Amazônia’ é lançado nesta terça-feira

Iniciativa visa esclarecer sobre a importância do Fundo. A plataforma oferece conteúdos informativos com vídeos, imagens, textos disponíveis para download e compartilhamento nas redes sociais

Sabrina Rodrigues ·
2 de julho de 2019 · 2 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
O site foi lançado na manhã desta terça-feira (02) e pretende esclarecer sobre a importância do Fundo Amazônia. Foto: Divulgação.

Na manhã desta terça-feira (02), foi lançado o site Em Defesa do Fundo Amazônia. A plataforma é uma iniciativa da Associação dos Funcionários do BNDES (AFBNDES) e da Associação dos Servidores Públicos do IBAMA e ICMBio (ASIBAMA). O site já está no ar através do endereço www.emdefesadofundoamazonia.com.br.

O acesso é gratuito e está disponibilizado nas versões português e inglês com conteúdos em vídeos, textos e imagens informativas para download e compartilhamento nas redes sociais. Os visitantes podem acessar o  FAQ com perguntas e respostas mais comuns sobre o Fundo Amazônia. Além disso, o site tem um espaço para as manifestações que já foram realizadas em prol da conservação da governança do Fundo.

Fundo Amazônia

O site foi criado para esclarecer sobre a importância do Fundo Amazônia na forma como ele está atualmente estruturado. Recentemente, o Ministério do Meio Ambiente, Ricardo Salles, anunciou que pretende implantar mudanças na gestão do Fundo Amazônia. O governo brasileiro quer mudar a gestão do fundo, alegando que encontrou “irregularidades” nos contratos das ONGs. A acusação ocorreu em maio. Até o momento, o relatório da “auditoria independente” feito pela assessoria do ministro Ricardo Salles não foi divulgado ou enviado para parecer do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES), gestor oficial do fundo. 

Os embaixadores da Noruega e Alemanha, principais doadores do fundo, se posicionaram contra as mudanças propostas pelo governo. As negociações ainda estão em curso.

Para a AFBNDES, o que o governo quer é aumentar a força da pasta nas decisões sobre como aplicar o dinheiro, que até sexta-feira (28) era feito por um comitê formado por representantes do governo federal, governos estaduais amazônicos e sociedade civil. Cada membro tinha mandato de dois anos e direito a um voto dentro de seu bloco. O Comitê Orientador do Fundo Amazônia (COFA) foi extinto no revogaço dos conselhos e não foi recriado.

 Serviço

O que: Site Em Defesa do Fundo Amazônia

Onde: www.emdefesadofundoamazonia.com.br

 

Leia Também

Após declarações de Ricardo Salles sobre Fundo Amazônia, BNDES afasta diretora

Maiores doadores, Noruega e Alemanha rejeitam mudanças no Fundo Amazônia

Servidores do BNDES e Ibama protestam contra ataques ao Fundo Amazônia

 

 

 

 

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Notícias
4 de junho de 2019

Servidores do BNDES e Ibama protestam contra ataques ao Fundo Amazônia

Manifestação ocorreu em frente à sede do banco, no Rio de Janeiro. Funcionários acusam gestão de Ricardo Salles de desmonte e ingerência no principal fundo para o meio ambiente do país

Salada Verde
11 de junho de 2019

Maiores doadores, Noruega e Alemanha rejeitam mudanças no Fundo Amazônia

Proposta de mudanças não foi aceita pelos principais doadores do Fundo Amazônia, que financia combate ao desmatamento na Amazônia e manutenção da floresta em pé

Notícias
19 de maio de 2019

Após declarações de Ricardo Salles sobre Fundo Amazônia, BNDES afasta diretora

Daniela Baccas foi afastada temporariamente, após ministro do Meio Ambiente convocar imprensa para anunciar suspeitas de irregularidades

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta