Vídeos

Sol em vez de diesel – o hospital sustentável no Senegal

Moradores de vilarejos no Senegal apostam na força solar para carregar as baterias das lanternas e celulares, tornando o petróleo dispensável.

Karl Harenbrock ·
17 de junho de 2012 · 9 anos atrás

 

No sul do Senegal, o abastecimento de energia geralmente é feito através de baterias e geradores movidos a gasolina ou diesel, que agridem o meio ambiente. Agora, no entanto, os moradores dos vilarejos locais apostam na força solar.

Empresas alemãs da indústria fotovoltaica ajudam na iniciativa. Já está em funcionamento o abastecimento elétrico com módulos solares em um hospital e para carregadores de baterias para lâmpadas e telefones celulares. O petróleo se tornou dispensável.

Um filme de Karl Harenbrock

Esse conteúdo é publicado em uma parceria de ((o))eco com a Deutsche Welle, emissora pública alemã
 


Leia também

Notícias
2 de dezembro de 2021

Lideranças indígenas do Pará cedem à pressão de invasores e aceitam reduzir seu território pela metade

Caciques da TI Apyterewa disseram ao STF que, em “acordo” feito com invasores, aceitam redução de 392 mil hectares de suas terras

Notícias
2 de dezembro de 2021

Com maioria no Conama, governo federal impõe mudanças no CNEA

Conama aprova alterações no Cadastro Nacional de Entidades Ambientalistas e impõe mais burocracia e custos para a participação da sociedade civil no conselho

Reportagens
2 de dezembro de 2021

Secas recorrentes afetam a capacidade de recuperação da Floresta Amazônica, alerta estudo

Nas últimas duas décadas, a Floresta Amazônica tem sido impactada por secas cada vez mais intensas e frequentes. As mais severas ocorreram em 2005, 2010 e 2015

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta