Fotografia

Registro nas margens do rio Solimões

Coari registra os maiores índices de crescimento demográfico do Amazonas, ocasionado pela construção de gasoduto.

AC Junior ·
17 de dezembro de 2010 · 11 anos atrás

O desenvolvimento das cidades na Amazônia nos últimos anos traz o paradoxo do crescimento com a sustentabilidade desse grande bioma do mundo.

Encravada no meio da floresta amazônica, a cidade de Coari registra os maiores índices de crescimento demográfico do estado do Amazonas na ultima década, ocasionado pela construção do gasoduto Urucum/Manaus.

Este ensaio mostra a degradação ambiental provocado pelo crescimento desordenado da cidade em contraposição a vida na floresta e a condição social dos moradores das margens do rio Solimões, os ribeirinhos.

AC Junior nasceu no Rio de Janeiro em 1967. É repórter fotográfico desde 1992 e colaborou com diversas publicações nacionais e internacionais .Sempre desenvolveu uma documentação autoral sobre as questões ambientais e culturais do povo brasileiro. Foi um dos fundadores da Agencia FotoinCena em 1995 participando de diversas exposições.

Leia também

Reportagens
30 de novembro de 2021

Há 8 anos na Câmara, projeto que cria uma lei para o mar ainda não tem votação à vista

Série de reportagens investiga motivos da longa tramitação do projeto de lei que institui a Política Nacional para Conservação e o Uso Sustentável do Bioma Marinho Brasileiro

Salada Verde
30 de novembro de 2021

Trilha Transmantiqueira ganha reconhecimento do Ministério do Meio Ambiente

A trilha de longo curso que cruza a Serra da Mantiqueira agora faz parte oficialmente do programa Rede Trilhas, para promover conectividade, conservação e turismo

Salada Verde
30 de novembro de 2021

Ibama abre concurso para contratar 568 servidores

Edital lançado nesta terça-feira (30) prevê a contratação de 136 analistas divididos por áreas temáticas e 432 técnicos ambientais

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta