Fotografia

Cristais Gigantes

Fotografia dos cristais de selenita na Caverna dos Cristais (Cueva de los Cristales) de Naica, Chihuahua, México. Foto: Alexander Van Driessche/Wikimedia Commons

Redação ((o))eco ·
29 de agosto de 2013 · 9 anos atrás
Fotografia dos cristais de selenita na Caverna dos Cristais (Cueva de los Cristales) de Naica, Chihuahua, México. Foto: Alexander Van Driessche/Wikimedia Commons.

A câmara com cristais gigantes foi descoberta em 2000, por trabalhadores que escavam um túnel de ligação na mina de Naica, no estado mexicano de Chihuahua. Batizada com o nome Caverna dos Cristais (Cueva de los Cristales), tem dimensões aproximadas de 10 por 30 metros e contém no seu interior gigantescos cristais de selenite, alguns dos maiores cristais naturais já descobertos no mundo. O maior dos cristais atinge  11 metros de comprimento, 4 metros de diâmetro e pesa cerca de 55 toneladas. A mina se encontra numa falha por cima de uma câmera de magma, o que gera as condições necessárias à formação dos cristais. O enorme calor gerado aqueceu a água que se encontrava retida nas câmeras, que ficou saturada de diversos minerais, nomeadamente gipsita (selenite).

 

 

Leia Também
O Lírio-dos-incas

 

 

 

Leia também

Reportagens
27 de maio de 2022

Um caminho (e um sonho) para unir a América

A construção de uma trilha pan-americana que conecte caminhos do Alasca à Patagônia parece um sonho distante, mas já há sonhadores dispostos a montar esse quebra-cabeça

Notícias
27 de maio de 2022

São Paulo registra duas décadas de poluição do ar acima do recomendado pela OMS

Em alguns pontos da cidade, concentração de poluentes foi quatro vezes maior do que o indicado, mostra estudo. Poluição mata 7 milhões de pessoas por ano no mundo

Notícias
26 de maio de 2022

Conexão de trilhas e pessoas embala 1º Congresso Brasileiro de Trilhas

Evento que começou nesta quarta (25) e se estende até domingo, em Goiânia, conta com mais de 1.500 inscritos para discutir e fomentar a implementação de trilhas no Brasil

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta