Notícias

Para americano ver

“Mais águias, mais linces, mais ursos e principalmente muito mais salmões”, promete a revista Backpacker a quem daqui a dez anos bater as trilhas...

Redação ((o))eco ·
8 de abril de 2005 · 19 anos atrás

“Mais águias, mais linces, mais ursos e principalmente muito mais salmões”, promete a revista Backpacker a quem daqui a dez anos bater as trilhas do Parque Nacional de Olympic, no estado de Washington. Até lá, enquanto um projeto de recuperação orçado em US$ 182 milhões devolve ao rio Elwha a saúde original, a convalescença dos quase 300 hectares de florestas inundados por duas represas no comecó do século XX poderá ser acompanhado via internet através de câmeras instaladas ao ar livre em áreas críticas. Só a demolição da barragem de Glines Canyon levará pelo menos dois anos e meio, para que o reservatório esvazie aos poucos e os sedimentos acumulados no lago artificial se depositem devagar. Mas os ecologistas da ONG American Rivers, que monitora o projeto, prevêem em que, livre das represas, os salmões do Elwha se multipliquem por cem. E, reaberto rio acima o caminho de desova até a base do monte Olympus, o resto virá atrás, ia começar pelos ursos e os turistas.

Leia também

Análises
19 de julho de 2024

Transespinhaço: a trilha que está nascendo na única cordilheira do Brasil

Durante 50 dias e 740 quilômetros a pé, testei os caminhos da Transespinhaço em Minas Gerais, de olho nos desafios e oportunidades para esta jovem trilha de longo curso

Notícias
19 de julho de 2024

Indústria da carne age para distrair, atrasar e inviabilizar ação climática, diz relatório

Trabalho de organização europeia analisou 22 das maiores empresas de carne e laticínios em quatro continentes

Salada Verde
19 de julho de 2024

Amazônia é mais destruída pelo consumo nacional do que pelas exportações

Consumo e economias das grandes cidades do centro-sul são o principal acelerador do desmatamento da floresta equatorial

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.