Notícias

Inventário sobre sucata eletrônica

Empresários do setor de eletroeletrônicos firmam parceria com MMA para realização de estudo sobre atual cenário da reciclagem destes produtos no país. Brasil está entre maiores produtores de lixo eletrônico no mundo.

Redação ((o))eco ·
11 de maio de 2010 · 11 anos atrás

Empresários do setor de eletroeletrônicos firmaram ontem (10) com o Ministério do Meio Ambiente (MMA) parceria para realização de um estudo qualitativo sobre o atual cenário de reciclagem destes produtos no Brasil. A idéia é dimensionar o quanto o país realmente produz e qual é o destino dado a este tipo de resíduo. Com isso, o Compromisso Empresarial para a Reciclagem (Cempre) e o MMA esperam orientar políticas públicas para a reciclagem e identificar os principais entraves para a reciclagem de eletroeletrônicos no Brasil. A expectativa é que o estudo fique pronto em quatro meses.

Segundo estudo do Programa Nacional das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), divulgado no início de 2010, o mundo produz, anualmente, cerca de 40 milhões de toneladas de lixo eletrônico. O Brasil está entre os primeiros do ranking de maiores produtores. Mas, de acordo com o MMA, o órgão não foi consultado para a realização do documento da ONU, por isso o novo inventário, que contará com a participação de todas as empresas que fazem parte do Comitê Eletroeletrônico do Cempre, entre elas a HP, Philips, Intel e Dell.

Enquanto a Política Nacional de Resíduos Sólidos está parada no Senado – a expectativa é que o projeto seja votado e aprovado no final desse mês, para que o presidente Lula faça o lançamento no Dia Mundial do Meio Ambiente, em 5 de junho, mas essa é apenas uma data dentre tantas outras que já foram anunciadas -, a reciclagem de eletroeletrônicos anda a passos lentos. No final de março a Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA), do Senado, aprovou um projeto que sugere reduzir a zero a alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para empresas que realizarem atividades de reciclagem. A proposta ainda será submetida à Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

O hotsite do Cempre, também lançado ontem, é um bom lugar  para encontrar informações sobre procedimentos para o descarte pós-consumo, programas de logística reversa de empresas produtoras e localização de cooperativas de reciclagem e recicladores. (Cristiane Prizibisczki)

Atalho:
– Cempre

Leia também

Notícias
22 de outubro de 2021

“Adote um ninho”: Conheça a campanha para a preservação dos papagaios brasileiros

Campanha busca incentivar a proteção dos papagaios por meio da construção de ninhos artificiais para suprir a falta de cavidades naturais, que estão diminuindo por conta do desmatamento

Análises
22 de outubro de 2021

Por uma nova onda de soluções para a resiliência e a saúde do oceano

Estudo do FMI estima que 8 milhões de toneladas de lixo plástico acabam no mar todos os anos, sendo 80% provenientes do continente. Se não mudarmos esse quadro, o oceano terá mais lixo do que peixes até 2050

Salada Verde
21 de outubro de 2021

Polícia Civil do Maranhão prende um dos homens que matou onça preta e se gabou nas redes sociais

Corpo do animal abatido foi filmado por três homens, que comemoraram o feito. O homem preso também será multado pelo Ibama.

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. MARLI ALVES PEREIRA VASCONCELLOS diz:

    Não entendo o porquê esconder o rosto do homem, adulto!! Ele mostrou a cara nas redes sociais!! É preciso identificar criminosos.