Notícias

Brigadistas brasileiros combatem fogo no Chile

Em uma das piores temporadas de incêndios florestais no Chile, profissionais do Ibama foram chamados para ajudar o governo chileno. Veja imagem de satélite e mapa interativo com dados dos focos de calor.

Gustavo Faleiros ·
19 de janeiro de 2012 · 10 anos atrás
Imagem do satélite Aqua, da NASA, feita no dia 02 de janeiro sobre a região central do Chile perto das cidades de Concepción e Chillán (fonte: Earth Observatory, NASA)
Imagem do satélite Aqua, da NASA, feita no dia 02 de janeiro sobre a região central do Chile perto das cidades de Concepción e Chillán (fonte: Earth Observatory, NASA)
Nas fotos abaixo: brigadistas do Prevfogo-Ibama chegam à área ameaçada pelo fogo, que queima vegetação altamente carburante ( à dir.) Fonte: Ibama

Mapa interativo com focos de calor captados pelo sensor MODIS (Moderate Resolution Imaging Spectroradiometer) a bordo do satélite Aqua, da NASA, entre os dias 01 e 17 de janeiro. Clique nos ícones de incêndio (vermelhos) para ver dados sobre localização exata, dia e hora, além dos munícipios chilenos afetados


Visualizar Focos de calor no Chile em um mapa maior


  • Gustavo Faleiros

    Editor da Rainforest Investigations Network (RIN). Co-fundador do InfoAmazonia e entusiasta do geojornalismo. Baterista dos Eventos Extremos

Leia também

Salada Verde
3 de dezembro de 2021

Paraná pretende reativar trecho brasileiro de trilha histórica que liga o Atlântico ao Pacífico

Chamada de Caminhos do Peabiru, trilha tem 1.550 no trecho paranaense, que vai de Paranaguá a Guaíra. Caminho era usado por incas e guaranis, antes da colonização

Notícias
3 de dezembro de 2021

Amapá vende terras públicas invadidas a R$ 46 o hectare

Estado possui mais de 2,5 milhões de hectares de áreas ainda não destinadas. Cerca de 50% deste total é classificado como de importância biológica extremamente alta

Reportagens
3 de dezembro de 2021

Novo Código de Mineração propõe aprovação automática de milhares de processos parados na ANM

Proposta pode afetar mais de 90 mil requerimentos que aguardam aprovações técnicas e ambientais; medida ainda interfere na criação de unidades de conservação e dificulta demarcação de terras indígenas

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta