Notícias

Audiência pública debaterá proposta de APPs global

Comissão de Meio Ambiente da Câmara discutirá modelo de Área de Proteção Permanente a ser implementado em todos os países membros da Rio+20

Daniele Bragança ·
15 de maio de 2012 · 10 anos atrás
Foto: Fabiana Domingues de Lima/ Wikimedia Commons.

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados promoverá amanhã, dia 15 de maio, discussão sobre o estabelecimento do modelo de Área de Proteção Permanente em nascentes de rios e topos de morros que possa ser adotado por todos os países membros da Rio+20. A audiência pública está marcada para as 14h.

As sugestões discutidas amanhã serão encaminhadas aos negociadores brasileiros que participarão da Conferência que acontecerá em junho. O objetivo da adoção da APP mundial é preservar os recursos hídricos do planeta e foi apresentado aos países em março, durante o 6º Fórum Mundial da Água, realizado em Marselha, na França.

Serviço

O quê: Audiência pública para debater sugestão do estabelecimento de Áreas de Preservação Permanente – APPs em todos os países que participarão da Conferência Rio+20.
Data: 15 de maio – terça- feira
Horário: 14h
Local: Plenário 8, do Anexo II, da Câmara dos Deputados

Participarão da audiência pública:

  • José Silvino da Silva Filho, Consultor Jurídico do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento;
  • Vicente Andreu Guillo, Diretor-Presidente da ANA – Agência Nacional de Águas;
  • Gustavo Cursio, Pesquisador da Embrapa Florestas (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária);
  • Gina Timotheo, Coordenadora da TNC – The Nature Conservancy;
  • Mário Mantovani, Diretor de Políticas Públicas da Fundação SOS Mata Atlântica;
  • Assuero Doca Veronez, Presidente da Comissão Nacional de Meio Ambiente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil – CNA
  • representante do Ministério das Relações Exteriores e
  • representante do Ministério do Meio Ambiente.
  • Daniele Bragança

    Repórter e editora do site ((o))eco, especializada na cobertura de legislação e política ambiental.

Leia também

Notícias
10 de agosto de 2022

ALMT adia votação do projeto que libera caça esportiva no Mato Grosso

Autor da proposta, o deputado Gilberto Cattani (PL) quer aumentar a “interação homem e natureza”. As espécies que poderão ser caçadas serão decididas pelo Executivo

Reportagens
10 de agosto de 2022

Complexo ameaça uma das últimas regiões livre de barramentos nas nascentes do Pantanal

Rio Cabaçal é alvo de projeto que prevê a construção de quatro PCHs e duas CGHs. Fragilizada pelo assoreamento, bacia do curso d'água pode sofrer com fortes impactos na qualidade da água

Notícias
9 de agosto de 2022

Marinha suspende bombardeio em ilha no arquipélago de Alcatrazes

Exercício militar havia sido agendado para os dias 16 e 17 de agosto na Ilha Sapata, na zona de amortecimento do Refúgio de Vida Silvestre Alcatrazes, em pleno período reprodutivo das aves

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. Miriam de Souza Dantas diz:

    Mas adiar não resolve, a agressão ambiental continua. Por que não fazem em outro lugar desse Brasilzão?