Notícias

TJ-RJ discute Novo Código Florestal Brasileiro

Seminário faz parte do Congresso Mundial sobre Justiça, Governança e Legislação para Sustentabilidade Ambiental, evento paralelo à Rio+20.

Daniele Bragança ·
16 de junho de 2012 · 12 anos atrás

O Tribunal de Justiça do Rio promove amanhã, dia 17/06, o “Seminário sobre o Novo Código Florestal”. O evento faz parte do Congresso Mundial sobre Justiça, Governança e Legislação para Sustentabilidade Ambiental, sediado no tribunal como evento paralelo à Rio+20.

Serão tratados no encontro a evolução histórica da legislação ambiental, a dificuldade para a efetivação da legislação florestal brasileira e até mesmo a Medida Provisória 571, editada pelo governo Dilma para sanar as lacunas deixados no texto da lei do Código com os vetos.

O Congresso Mundial é organizado pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA/UNEP), TJRJ, Associação de Magistrados do Estado do Rio (Amaerj), Escola da Magistratura (Emerj), Ministério Público estadual (MPRJ) e Fundação Getúlio Vargas (FGV).

O seminário sobre o Novo Código Florestal é apenas um dos muitos encontros que acontecem dentro do congresso. Os debates começarão às 9h, com encerramento às 13h30, no plenário do Palácio da Justiça, no 10º andar da Lâmina Central, na Rua Dom Manuel, s/nº, Centro.

Para saber da programação completa, com os nomes dos palestrantes e tópicos que serão abordados, click aqui. O seminário é gratuito.

Serviço
O quê: Seminário sobre o Novo Código Florestal.
Data: 17/06 – das 9h às 13h30.
Local: Rua Dom Manuel, s/nº, Centro. Plenário do Palácio da Justiça, no 10º andar da Lâmina Central.
 
  • Daniele Bragança

    Repórter e editora do site ((o))eco, especializada na cobertura de legislação e política ambiental.

Leia também

Notícias
19 de abril de 2024

Em reabertura de conselho indigenista, Lula assina homologação de duas terras indígenas

Foram oficializadas as TIs Aldeia Velha (BA) e Cacique Fontoura (MT); representantes indígenas criticam falta de outras 4 terras prontas para homologação, e Lula prega cautela

Notícias
19 de abril de 2024

Levantamento revela que anta não está extinta na Caatinga

Espécie não era avistada no bioma havia pelo menos 30 anos. Descoberta vai subsidiar mudanças na avaliação do status de conservação do animal

Salada Verde
19 de abril de 2024

Lagoa Misteriosa vira RPPN em Mato Grosso do Sul

ICMBio oficializou a criação da Reserva Particular do Patrimônio Natural Lagoa Misteriosa, destino turístico em Jardim, Mato Grosso do Sul

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.