Notícias

Lobo-guará dá uma canja para a câmera

Exemplar do maior canídeo nativo da América do Sul, com sua peculiar pelagem vermelho-dourada foi filmado por uma armadilha fotográfica.

Redação ((o))eco ·
7 de outubro de 2014 · 10 anos atrás

O lobo-guará que passeia neste filme foi flagrado por uma armadilha fotográfica dentro da Reserva Natural Serra do Tombador, localizada em Cavalcante (GO).

Este animal é o maior canídeo nativo da América do Sul: mede até 1m de altura; 1,20 a 1,30m de comprimento do corpo e seu peso pode chegar de 20 e 23 kg. Sua inconfundível pelagem vermelho-dourada, seus membros alongados e caminhar peculiar, podem ser avistados nas áreas de vegetação aberta (campos, cerrados e florestas de cerrado) ao longo de toda a América do Sul Central, desde o nordeste do Brasil até o norte do Uruguai.

Espécie onívora, sua dieta inclui grandes porções de frutas como a “fruta-do-lobo” (Solanum lycocarpum) – para as quais o lobo-guará é o principal dispersor de sementes –, além de pequenos mamíferos, aves, insetos e répteis.

“O fato de visualizarmos essa espécie, que é topo de cadeia alimentar, é resultado do trabalho de conservação que realizamos no local”, diz Marion Letícia, coordenadora de áreas protegidas da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, instituição que administra a reserva.

 

 

Leia também
Lobo guará preto é registrado no norte de Minas Gerais
Lobo-guará ganha livro com fotos e histórias
Quando você é amigo do lobo ele vira até cinema
Um dia na Canastra atrás da loba Luna

 

 

 

Leia também

Colunas
25 de julho de 2024

De olho no clima e na imprensa: o monitoramento do Observatório de Jornalismo Ambiental sobre a cobertura das enchentes no RS

Observatório não só informa sobre a emergência climática mas também instiga o público a analisar criticamente o papel da imprensa diante desse cenário

Notícias
24 de julho de 2024

Os tubarões-martelo estão de volta ao arquipélago de Alcatrazes!

Pesquisa registra aumento do avistamento de tubarões-martelo no Refúgio de Vida Silvestre do Arquipélago de Alcatrazes, no litoral norte de São Paulo

Análises
24 de julho de 2024

Portão do Inferno, um risco para o país

Governo de MT sinaliza que aguardará fim do Festival de Inverno para iniciar desmonte de parte do paredão do Parque da Chapada dos Guimarães. ICMBio diz que obra pode inviabilizar funcionamento da UC

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.