Notícias

Polícia Federal desmantela esquema de corrupção no IBAMA

A operação cumpriu 23 mandados de prisão que incluíam funcionários do próprio IBAMA e da Secretaria de Meio Ambiente do Maranhão.

Redação ((o))eco ·
3 de dezembro de 2014 · 10 anos atrás

Superintendente regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) do Maranhão, Antônio César Carneiro de Souza está entre os presos da Operação Ferro e Fogo. Foto:
Superintendente regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) do Maranhão, Antônio César Carneiro de Souza está entre os presos da Operação Ferro e Fogo. Foto:

Pelo menos 23 mandados de prisão, sendo duas preventivas e 21 temporárias, além de mandados de busca e apreensão foram cumpridos ontem pela Polícia Federal para desmantelar um esquema de corrupção que envolvia servidores do IBAMA e da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais do Maranhão (SEMA).

A operação da PF foi chamada de Ferro e Fogo, em homenagem ao livro homônimo do pesquisador Warren Dean, que narra as formas de destruição da floresta brasileira.

A quadrilha favorecia empresários com o repasse de informações privilegiadas de fiscalização dos órgão ambientais, simplificação de processos burocráticos e fraude em processos ambientais. Os servidores atuavam entre os municípios de São Luis e Imperatriz, no Maranhão.

De acordo com a Polícia Federal, as investigações que culminaram na prisão dos envolvidos tiveram inicio em setembro do ano passado, após o próprio IBAMA apontar que alguns de seus servidores estariam envolvidos em atividades ilícitas. Entre os envolvidos estão 15 servidores do IBAMA, um servidor e dois ex-superintendentes adjuntos da SEMA.

Ainda de acordo com a PF, os investigados por atos de corrupção responderão pelos crimes de associação criminosa, concussão, corrupção passiva e ativa, prevaricação, advocacia administrativa e violação de sigilo funcional, cujas penas, somadas, podem chegar a 25 anos de reclusão.

 

 

Leia Também
Corte na corrupção    
Um dia a casa cai    
Ibama apreende xaxim ilegal em SC

 

 

 

Leia também

Análises
24 de julho de 2024

Portão do Inferno, um risco para o país

Governo de MT sinaliza que aguardará fim do Festival de Inverno para iniciar desmonte de parte do paredão do Parque da Chapada dos Guimarães. ICMBio diz que obra pode inviabilizar funcionamento da UC

Salada Verde
24 de julho de 2024

A gangorra climática das árvores da Mata Atlântica

Pesquisa inédita aponta que as plantas estão subindo ou descendo montanhas em busca de temperaturas mais amenas

Notícias
24 de julho de 2024

Empresas ainda veem com ceticismo a “Lei Rouanet da Reciclagem”, recém regulamentada

Como obstáculos, instituições representativas do setor mencionam pouca transparência e dificuldade de acesso aos recursos anunciados, além de ausência de toda a cadeia produtiva

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.