Notícias

Presidente quer prazo para liberação de licenciamento

Em entrevista exclusiva ao Estadão, Dilma afirmou que enviará ao Congresso proposta para que o licenciamento tenha um prazo para terminar.

Redação ((o))eco ·
9 de junho de 2015 · 9 anos atrás

Presidente Dilma, durante lançamento do plano de concessões de infraestrutura. Foto: Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
Presidente Dilma, durante lançamento do plano de concessões de infraestrutura. Foto: Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A presidente Dilma quer dar um basta na demora no licenciamento ambiental do país e para tal, pretende enviar ao Congresso um projeto de lei que definirá o prazo máximo para os órgãos licenciadores liberarem ou não a licença. A informação veio de uma entrevista exclusiva que a chefe do Executivo deu ao jornal O Estado de S. Paulo.

Para a presidente, a demora no licenciamento é o maior entrave a liberação de obras no país. “Qualquer licenciamento tem de ter um prazo para ser concluído, para a resposta ser dada. Você não está discutindo que a resposta é sim ou não, mas a resposta tem de ser dada. Aí, dada a resposta, precisa ter clareza sobre prazo de recurso e como será o procedimento”, afirmou.

A lentidão no licenciamento já havia sido atacada pela nova presidente do Ibama, Marilene Ramos, há duas semanas. A afirmação, dita em entrevista ao mesmo Estadão, foi contestada por entidades representantes dos servidores de carreira do órgão ambiental.

A entrevista da presidente Dilma vem a público no mesmo dia em que o governo lança a nova etapa do programa de concessões em rodovias, ferrovias, portos e aeroportos, que prevê investimentos de R$198,4 bilhões e aumentará a demanda por licenciamento ambiental no Ibama e nos órgãos licenciadores estaduais.

 

 

Leia Também
Ibama: associações dos servidores contestam entrevista de Marilene Ramos
O que é Licenciamento Ambiental    
LC 140 – Ninguém protestou contra a lei que amarrou o Ibama

 

 

 

Leia também

Notícias
23 de maio de 2024

Governo finaliza processo de concessão do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães

Concessão tem prazo de 30 anos e é voltada para prestação de serviços públicos de apoio aos serviços turísticos da unidade. Valor inicial dos ingressos será de R$ 30

Notícias
22 de maio de 2024

Desmatamento na Mata Atlântica caiu 27% em 2023, mas encraves em outros biomas preocupam

Segundo dados da SOS Mata Atlântica, desmatamento em florestas maduras foi de 14.697 hectares; derrubadas em encraves no Cerrado e na Caatinga superou 69 mil hectares

Salada Verde
22 de maio de 2024

No dia da Biodiversidade, ICMBio cria quatro unidades de conservação privadas

RPPNs estão inseridas em três diferentes biomas, em área somada de cerca de 500 hectares. RPPNs de todo Brasil protegem cerca de 800 mil hectares

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.