Notícias

BP pagará 18,7 bi de dólares por vazamento no Golfo do México

Maior acordo já fechado pela Justiça americana com uma empresa deverá encerras os processos ligados ao derramamento ocorrido em 2010.

Redação ((o))eco ·
5 de julho de 2015 · 6 anos atrás

Companhia aceitou pagar 18,7 bilhões para cessar processos por maior acidente ambiental na história dos Estados Unidos. Foto:
Companhia aceitou pagar 18,7 bilhões para cessar processos por maior acidente ambiental na história dos Estados Unidos. Foto:

O maior acidente ambiental da história dos Estados Unidos, ocorrido em abril de 2010, rendeu o maior acordo feito pelo Departamento de Justiça do país com uma empresa. Na última quinta-feira, a British Petroleum (BP) anunciou que pagará 18,7 bilhões de dólares em indenizações pelo derramamento de óleo no Golfo do México.

O acordo encerra os processos contra a companhia feitos pelo governo federal e os estados de Alabama, Flórida, Mississippi, Louisiana e Texas, além de mais de 400 entidades governamentais locais e será pago ao longo de 17 anos.

“As negociações foram realizadas com o objetivo de chegar a uma solução coletiva que seria aceitável para todas as partes. Para a BP isso vai proporcionar segurança no que diz respeito às obrigações financeiras da BP para os assuntos resolvidos, particularmente com a capacidade de fazer pagamentos parcelados sem problemas durante muitos anos”, afirmou Brian Gilvary, diretor financeiro da BP, em nota.

A explosão na plataforma Deepwater Horizon, ocorrida no dia 22 de abril de 2010, deixou 11 mortos e derramou 5 milhões de barris de petróleo no mar durante 87 dias de vazamento. Para se ter uma dimensão da gravidade do derramamento, a produção diária brasileira de petróleo é de aproximadamente 2,7 milhões de barris. Quase o dobro do que é produzido no Brasil diariamente foi jogada no mar.

 

 

Leia Também
Governo inglês financia 1 bilhão de dólares à Petrobrás
Peru: Vazamento de óleo mata toneladas de peixe e afeta saúde de indígenas
Vazamento da Chevron no Rio pode ser dez vezes maior do que o declarado

 

 

 

Leia também

Notícias
16 de novembro de 2011

Vazamento da Chevron no Rio pode ser dez vezes maior do que o declarado

Análise de fotos de satélite feita por site especializado indica que vazamento pode ser de até 3.738 barris/dia e ocupar área de 2.379 km2.

Reportagens
29 de julho de 2014

Peru: Vazamento de óleo mata toneladas de peixe e afeta saúde de indígenas

Problema ocorreu em tubulação de óleo cru no norte do país e afetou afluentes do rio Marañon, por sua vez, um importante tributário do rio Amazonas.

Notícias
6 de dezembro de 2021

Servidores ambientais sofrem emboscada durante fiscalização contra invasores em reserva de RO

Emboscada aconteceu no entorno do Parque Estadual Guajará-Mirim. Invasores usaram uma criança como escudo para evitar que policiais atirassem. Um servidor foi baleado

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta