Notícias

Imazon: Desmatamento na Amazônia cai 31% em junho

Acumulado mostra um aumento de 4% entre agosto de 2018 a junho de 2019. Governo confirma fiscalização na rua no último mês do calendário do desmatamento

Daniele Bragança ·
12 de julho de 2019 · 2 anos atrás
Foto: Ibama-MT.

Os dados do Sistema de Alerta do Desmatamento, do Imazon, informa que houve uma redução de 31% nos alertas de desmatamento em junho, em comparação com o mesmo período do ano passado. No penúltimo mês do calendário do desmatamento – que começa em agosto e termina em julho do ano seguinte –, 801 km² foram desmatados na Amazônia Legal.

Segundo o Imazon, organização da sociedade civil que realiza o monitoramento independente do desmatamento e degradação do maior bioma do país, foram identificados 7.177 alertas de desmatamento no mês.

Ontem, o ministro da Justiça, Sergio Moro, autorizou o uso das Forças Nacionais para o combate ao desmatamento no Pará, na região de São Félix do Xingu. As equipes trabalharão no auxílio do Ibama até o dia 30 de julho.

A taxa do acumulado do ano registrou um aumento de 4% do desmatamento, em relação a agosto de 2017 a junho de 2018.

Campeões de desmatamento

Amazonas liderou o ranking de estado que mais desmatou, sendo responsável por 30% do desmate ocorrido no período, seguido de Pará (26%), Rondônia (19%), Mato Grosso (17%), Acre (5%), Roraima (1%), Tocantins (1%) e Amapá (1%).

 

Saiba Mais

SAD – Junho

Leia Também

Sociedades científicas defendem Inpe em carta a Bolsonaro

Artigo sugere soluções para controlar o desmatamento na Amazônia e no Cerrado

Como um delegado de polícia está usando satélites para deter o desmatamento

 

  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Reportagens
20 de junho de 2019

Como um delegado de polícia está usando satélites para deter o desmatamento

Usando o Forest Watcher, o delegado Leonardo Brito conseguiu detectar 5 mil áreas de desmatamento no Amapá e realizar mais de 50 operações de combate ao desmatamento ilegal

Notícias
8 de julho de 2019

Artigo sugere soluções para controlar o desmatamento na Amazônia e no Cerrado

Publicação destaca as principais formas pelas quais madeireiros e produtores rurais subvertem acordos internacionais e legislação federal que protegem os biomas

Notícias
26 de novembro de 2021

Informação obtida via LAI revela que MCTI recebeu dados do desmatamento em 1º de novembro

Ministro Marcos Pontes disse que dados não foram publicados antes da Conferência do Clima porque ele estava de férias. Agenda oficial registra férias entre 8 e 19 de novembro

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta