Reportagens

A vontade do príncipe

Estados Unidos dizem diante do príncipe Charles que vão investir 275 milhões de dólares na proteção de florestas tropicais no Brasil e no Congo. Projeto da realeza quer diminuir desmate em 5 anos. 

Redação ((o))eco ·
20 de novembro de 2009 · 13 anos atrás

Os Estados Unidos se comprometeram a doar 275 milhões de dólares para proteção de florestas tropicais. O recurso viria de programas internacionais e do orçamento americano para 2010, ainda não aprovado pelo Congresso. A promessa foi feita nesta semana diante do Príncipe Charles, que lidera uma organização de defesa das florestas tropicais e tem se mostrado cada vez mais envolvido para pressionar os países a investirem na proteção dessas áreas como uma maneira de lidar com o aquecimento do planeta. De acordo com o anúncio feito pela Embaixada americana em Londres, a maior parcela do dinheiro seria investida na bacia amazônica e no Congo.

A intenção do Prince´s Rainforests Project (PRP) é estimular a criação de um fundo que consiga apoiar uma redução drástica do desmatamento em cinco anos no mundo inteiro. E a proposta foi aceita pelos 35 integrantes de governos que formaram o grupo de trabalho da proposta, que optou por focar esforços nas causas econômicas que tornam o desmatamento mais lucrativo do que a manutenção das florestas. Mas o sucesso do plano vai depender de quanto cada governo está disposto a investir, e na reunião desta semana o próprio governo britânico foi cobrado.

A destruição das florestas tropicais são responsáveis por 12% das emissões do mundo, de acordo com estudos mais recentes. O anúncio do governo dos Estados Unidos acontece logo após a Noruega ter se comprometido a investir 250 milhões de dólares para proteger as florestas da Guiana, conforme O Eco noticiou.

Leia mais:
Laboratório nas florestas do vizinho

Leia também

Notícias
20 de maio de 2022

Alto custo é principal barreira para visitação de parques

De acordo com estudo, alto custo da viagem, distância e falta de informações disponíveis são os principais obstáculos para visitação de parques naturais

Notícias
20 de maio de 2022

Presidenciáveis recebem plano para reverter boiadas ambientais de Bolsonaro

Estratégia ‘Brasil 2045’ propõe medidas para reconstruir política ambiental brasileira e fazer país retomar posição de liderança global em meio ambiente

Análises
20 de maio de 2022

O dilema de Koniam-Bebê

Ocupação indígena no Parque Estadual Cunhambebe realimenta falsa dicotomia entre unidades de conservação e territórios indígenas

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. Cássio Garcez diz:

    Brilhante análise, Beto. Parabéns e obrigado por ela.