Reportagens

Correndo atrás do prejuízo

Paragominas pleiteia deixar lista dos maiores desmatadores da Amazônia ao registrar 80% da área municipal no Cadastro Ambiental Rural (CAR) do Pará.

Redação ((o))eco ·
26 de fevereiro de 2010 · 12 anos atrás

Nesta semana, o prefeito de Paragominas (PA), Adnan Demachki, solicitou ao Ministério de Meio Ambiente (MMA) que na próxima lista dos maiores desmatadores da Amazônia, o município seja excluído da relação. Ele anunciou que 80% da área territorial do município – cerca de 1.460.000 hectares – estão registrados no Cadastro Ambiental Rural (CAR). “Somos o primeiro município da Amazônia a conseguir. Já reduzimos o desmatamento em 90% em relação a 2007 e estamos construíndo um novo pacto com a sociedade pela busca de produto com origem sustentável”, explicou. Paragominas, município do leste paraense que ficou famoso por décadas de desmatamento desenfreado, começou a mudar seu histórico ao aderir ao programa Município Verde, uma parceria com o poder público e ONGs.

Saiba mais na reportagem:
Mudança na fronteira

Leia também

Reportagens
25 de outubro de 2021

Como os estados cuidam da Amazônia: comparamos dados de proteção, orçamento e desmatamento

Análise exclusiva do ((o))eco se debruça sobre dados ambientais dos nove estados da Amazônia Legal para compreender diferenças e semelhanças nas políticas públicas regionais

Notícias
22 de outubro de 2021

“Adote um ninho”: Conheça a campanha para a preservação dos papagaios brasileiros

Campanha busca incentivar a proteção dos papagaios por meio da construção de ninhos artificiais para suprir a falta de cavidades naturais, que estão diminuindo por conta do desmatamento

Análises
22 de outubro de 2021

Por uma nova onda de soluções para a resiliência e a saúde do oceano

Estudo do FMI estima que 8 milhões de toneladas de lixo plástico acabam no mar todos os anos, sendo 80% provenientes do continente. Se não mudarmos esse quadro, o oceano terá mais lixo do que peixes até 2050

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta