Salada Verde

Macacada no parque das piscinas

Macacos-prego são vistos com frequencia por quem visita o Parque Nacional de Brasília. Mal acostumados pelo turismo, vasculham latas de lixo em busca de comida.

Salada Verde ·
15 de outubro de 2009 · 12 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Foto: Aldem Bourscheit
Foto: Aldem Bourscheit

Espertos, rápidos e arredios. Os macacos-prego que habitam o Parque Nacional de Brasília, conhecido como Água Mineral pelas belas piscinas que abriga, já sofreram com perseguições e mortes em tempos de febre-amarela e são agredidos com frequencia pelos visitantes. Os mesmos que costumam atraí-los com comida, quando lhes convêm. A dupla acima foi flagrada pelo repórter Aldem Bourscheit fuçando em latas de lixo. Depois de remexer em sacolas plásticas, encontraram esse coco. Não tiveram dúvida: carregaram o banquete para os galhos da árvore mais próxima e se fartaram.

Leia também

Notícias
26 de novembro de 2021

Informação obtida via LAI revela que MCTI recebeu dados do desmatamento em 1º de novembro

Ministro Marcos Pontes disse que dados não foram publicados antes da Conferência do Clima porque ele estava de férias. Agenda oficial registra férias entre 8 e 19 de novembro

Notícias
26 de novembro de 2021

Jornalismo digital brasileiro se une em campanha de financiamento

Ação reúne 26 organizações com objetivo de arrecadar doações para fortalecimento do jornalismo digital de qualidade

Reportagens
26 de novembro de 2021

MPF pede anulação da Licença de Instalação do Linhão Tucuruí na terra Waimiri Atroari

Ação aponta que União e a Transnorte agem ilegalmente no licenciamento da obra. Autossuficientes em energia elétrica, os Waimiri Atroari são contra o empreendimento e sentem “a floresta sangrar”

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta