Salada Verde

Puma é declarado extinto pelos EUA

Subespécie da onça-parda que habitava o leste da América do Norte foi extinta pela caça já na década de 30 do século passado.

Redação ((o))eco ·
3 de março de 2011 · 11 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Espécie extinta é parente direta da onça-parda encontrada no Brasil (foto). Crédito: Wikimedia Commons.

O Fish and Wildlife Service, braço do departamento de interior americano responsável pela proteção da fauna silvestre, declarou, nesta quarta-feira, dia 02, que o puma que ocupava leste da América do Norte está extinto e que, portanto, deve ser retirado da lista dos animais ameaçados de extinção. O animal, cujo nome científico é puma concolor cougar, é uma subespécie do felino conhecido no Brasil como suçuarana ou onça-parda.  Leia nota completa do governo americano.

O anúncio veio depois de uma revisão do status de conservação do animal, que começou em 2007. O puma está listado no grupo de animais ameaçados de extinção desde 1973. Considera-se que a espécie tenha sido extinta em 1930 e que os registros posteriores eram na verdade de outras subespécies, e não do puma “oriental”.  Veja foto abaixo

O puma foi caçado intensamente entre os séculos XVIII e XIX. A declaração de ontem veio confirmar a crença de alguns biólogos de que a extinção do felino se deve a ocupação de habitats no século passado.

A demora na classificação de extinto – 81 anos se passaram desde a última aparição – tem sua razão de ser: foram registrados 108 avistamentos de pumas entre 1900 e 2010. O Fish and Wildlife Service acredita que sejam das subespécies do oeste do país ou panteras negras. Nenhum dos 21 Estados que tinham a espécie na série histórica declararam a existência do puma em seu território. (Daniele Bragança)

Nesta foto, Bruce Wright, biólogo de New Brunswick posa com aquele que se acredita seja o último puma “oriental”. Ele foi capturado por caçadores em 1938 no Canadá. (foto: divulgação US Fish and Wildlife Service)

height=”500

Links
Relatório completo do status da espécie que embasou declaração de extinção

Leia também

Notícias
2 de dezembro de 2021

Com maioria no Conama, governo federal impõe mudanças no CNEA

Conama aprova alterações no Cadastro Nacional de Entidades Ambientalistas e impõe mais burocracia e custos para a participação da sociedade civil no conselho

Reportagens
2 de dezembro de 2021

Secas recorrentes afetam a capacidade de recuperação da Floresta Amazônica, alerta estudo

Nas últimas duas décadas, a Floresta Amazônica tem sido impactada por secas cada vez mais intensas e frequentes. As mais severas ocorreram em 2005, 2010 e 2015

Notícias
1 de dezembro de 2021

Amazônia acumula 73 mil focos de incêndio em 2021, segundo dados do INPE

Há menos de uma semana, Bolsonaro voltou a afirmar que “floresta úmida não pega fogo”. Número de queimadas no Pampa segue em alta

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta