Salada Verde

Assembleia Geral da ONU fortalece PNUMA

O novo conselho administrativo do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) agora é aberto a todos os 193 Estados Membros.

Redação ((o))eco ·
14 de março de 2013 · 11 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
 Nova sede do PNUMA em Nairóbi, no Quênia.  Foto: Divulgação/ONU.
Nova sede do PNUMA em Nairóbi, no Quênia. Foto: Divulgação/ONU.

Como parte da resolução da Rio+20 de fortalecer o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), o conselho administrativo do programa acaba de ganhar um novo nome, passando a se chamar Assembleia Ambiental das Nações Unidas do PNUMA e terá a participação de todos os 193 Estados Membros da ONU.

Antes, a participação no conselho era restrita a 58 países membros. A nova resolução foi aprovada pela Assembleia Geral da ONU nesta quinta-feira (14) e não altera as funções do corpo de funcionários do PNUMA, nem seu mandato, objetivos e propósitos.

A mudança atende a decisão dos governos presentes na I Sessão Universal do Conselho Administrativo do PNUMA, realizada no mês passado em Nairóbi. Na ocasião, foram discutidos os resultados da Conferência Rio+20, realizado em junho do ano passado, no Rio de Janeiro.

A participação universal foi decidida na Assembleia Geral da ONU em dezembro passado. Foi assegurado formalmente o objetivo de desvincular, nos próximos 10 anos, o crescimento econômico do uso insustentável de recursos naturais, conhecida como Quadro de 10 Anos de Programas para Produção e Consumo Sustentáveis (10 YFP for SCP, em inglês).

Os Estados Membros cobraram do PNUMA dados e diagnósticos ambientais compreensivos e embasados, para serem apresentados a comunidade internacional.

 

Leia também

Reportagens
27 de fevereiro de 2024

Condenado pelo assassinato de Chico Mendes assume presidência do PL em Medicilândia

Darci Alves Pereira tomou posse no final de janeiro. “Não me surpreende, mas não deixo de ficar triste”, diz Angela Mendes, filha do sindicalista

Colunas
27 de fevereiro de 2024

A falta de resposta para a “cupinização” do licenciamento ambiental paulista

Artigo do vice-presidente da ANAMMA desconsidera fragilidades na norma aprovada pelo Consema e não responde nossos questionamentos sobre os rumos do licenciamento ambiental paulista

Notícias
27 de fevereiro de 2024

Manifesto reforça necessidade de inclusão de comunidades em esforços de conservação

Carta de São Paulo foi aprovada em evento que reuniu, na USP, pesquisadores, servidores ambientais, indígenas, quilombolas e ativistas de toda a América Latina

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.