Salada Verde

Cartilha ensina a fazer obras sustentáveis

Publicação do Ministério do Meio Ambiente orienta a construção usando novos conceitos de habitação, com otimização dos recursos utilizados.

Redação ((o))eco ·
23 de abril de 2013 · 10 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Essa casa gera economia ao reaproveitar água da chuva. Martim Garcia/MMA.
Essa casa gera economia ao reaproveitar água da chuva. Martim Garcia/MMA.

O Ministério do Meio Ambiente lançou no dia 13 de abril a cartilha “Construções e Reformas Particulares Sustentáveis”, publicação que faz parte da série Cadernos de Consumo Sustentável. O objetivo é orientar os consumidores sobre como fazer moradias e reformas sustentáveis.

Com apenas 9 páginas, a cartilha mostra um mapa com cada cômodo da casa e aponta quais são as opções para a execução da obra dentro dos conceitos de sustentabilidade. A utilização de materiais de construção deve seguir o que for melhor para a saúde e o meio ambiente. No caso do uso de tintas, por exemplo, é preferível aquelas à base de água, pois evitam bactérias, fungos e algas em regiões úmidas. No uso de madeira, a dica é priorizar as certificadas, que garante que o produto não vem de área desmatada ilegalmente.

Além disso, a publicação frisa a utilização da iluminação e ventilação natural, o que diminui o consumo de energia elétrica. Para isso, na hora de construir, o morador precisa levar em conta o clima do lugar e a localização do terreno.

Nas áreas externas, a dica é utilizar reciclados da construção e pavimentação permeável. Segundo a cartilha, prefira o piso externo intertravado, feito de material prensado e que possui vida útil longa e baixo custo de manutenção.

Leia também

Notícias
25 de novembro de 2022

Isso virou “troco” para nós, diz governador de Mato Grosso sobre programa REDD

Segundo Mauro Mendes, “migalhas” repassadas por países ricos não recompensam, de forma justa, os serviços ambientais prestados pelo Brasil

Notícias
25 de novembro de 2022

São Paulo terá super secretaria de meio ambiente, infraestrutura, transportes e logística

A equipe de transição ligada à pasta também tem forte influência de Gilberto Kassab, que será secretário de Governo de Estado

Notícias
25 de novembro de 2022

Extinção de Floresta Nacional fantasma avança na Câmara

Projeto que extingue a Flona de Cristópolis, na Bahia, foi aprovado pela Comissão de Meio Ambiente. Criada em 2001 de forma polêmica, a área protegida nunca foi implementada

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta