Salada Verde

Em evento, Bolsonaro comemora redução de 80% das multas do Ibama

“Nós reduzimos em mais de 80% as multagens no campo”, disse o presidente, que creditou ao ex-ministro Salles e à ministra da Agricultura, Teresa Cristina, as boas medidas para o campo

Redação ((o))eco ·
18 de janeiro de 2022
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Durante a abertura de um evento sobre crédito agrícola do Banco do Brasil, realizado na segunda-feira (17), o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL) comemorou a queda de 80% de multas ambientais em propriedades rurais. Para Bolsonaro, isso demonstra o compromisso do governo com o agronegócio. 

“Paramos de ter grandes problemas com a questão ambiental, especialmente no tocante à multa. Tem que existir? Tem. Mas conversamos e nós reduzimos em mais de 80% as multagens no campo”, disse, em uma fala de pouco mais de 9 minutos. 

Durante o discurso, Bolsonaro enfatizou o que fez pelo setor agropecuário nos últimos três anos. Além da drástica diminuição das multas ambientais, trabalhou para não demarcar nenhuma terra indígena e defendeu que o marco temporal seja considerado constitucional para que nenhuma nova terra indígena seja criada no futuro. Além de ter escolhido dois ministros aliados do homem do campo, Ricardo Salles, do Ministério do Meio Ambiente (exonerado em junho de 2021), e Tereza Cristina, da Agricultura, a quem chamou de “fantástica”.

Salles saiu do governo após ser alvo de dois inquéritos sobre favorecimento de madeireiras. 

Leia também

Salada Verde
12 de junho de 2019

Bolsonaro: ‘O homem do campo não pode se apavorar com a fiscalização do Ibama”

Presidente diz que pediu para o ministro do Meio Ambiente minar a atuação do Ibama e que a “indústria das multas” vai acabar no seu governo

Notícias
29 de abril de 2019

Bolsonaro decidiu com Ricardo Salles “fazer a limpa”no Ibama e ICMBio

Em feira do agronegócio, realizada nesta segunda-feira (29), em Ribeirão Preto (SP), presidente declara "Estamos tirando o Estado do cangote daqueles que produzem"

Salada Verde
6 de outubro de 2021

Em reunião com Bolsonaro, ruralistas defendem propostas que flexibilizam a legislação ambiental

Em pauta no café da manhã, a defesa do marco temporal para terras indígenas e avanço nos projetos de lei que mudam a lei geral dos agrotóxicos e a regularização fundiária

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 2

  1. Elaine diz:

    O Brasil e os brasileiros irão muito melhor sem essa catástrofe ambulante.


  2. Paulo diz: