Salada Verde

Governo cria grupo para discutir o fim da moratória da pesca de piracatinga

Peixe está ligado à mortandade de botos e jacarés. Como é necrófilo, pescadores usam botos e jacarés mortos como isca. GT apresentará alternativas para permitir a pesca

Daniele Bragança ·
18 de janeiro de 2021 · 3 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Reprodução: Edição de 18/01/2021 do DOU.

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, instituiu nesta segunda-feira (18) um grupo de trabalho para discutir a pesca da piracatinga (Callophysus macropterus) – peixe capturado usando botos e jacarés mortos como isca. Em julho de 2020, o governo estabeleceu um ano de moratória da pesca da piracatinga. O colegiado formalizado hoje discutirá alternativas sustentáveis para a pesca do peixe necrófilo, que não comprometa as populações de boto-cor-de-rosa da Amazônia.

A coordenação do GT ficará a cargo da Secretaria de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura. O Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (IDSM), a Associação Conservação da Vida Silvestre (WCS Brasil), a Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Amazonas (SFA/AM), a Secretaria Executiva de Pesca e Aquicultura (SEPA/SEPROR), a Secretaria de Estado de Meio Ambiente do Amazonas (SEMA), o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (IPAAM), o Comando do Batalhão de Policiamento Ambiental da Polícia Militar do Amazonas (BPAMB/PM/AM), a Federação dos Pescadores do Estado do Amazonas (FEPESCA) e a Federação dos Sindicatos de Pescadores do Estado do Amazonas (FESIMPEAM) vão compor o colegiado, que se reunirá uma vez ao mês.

O Ministério do Meio Ambiente, o Ibama, a Universidade Federal do Amazonas (UFAM), o Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (INPA) e o Instituto Federal do Amazonas (IFAM) poderão participar como convidados, mas não terão direito a voto.

As reuniões serão realizadas por videoconferência e o objetivo é elaborar um relatório final com sugestões para subsidiar as discussões sobre a moratória da pesca da piracatinga.

 

*Foto de Destaque: Cardume de piracatinga (Calophysus macropterus) no Rio Purus, AM. Foto: Adriano Gambarini

 

Leia Também

Richard Rasmussen e a polêmica sobre o boto

 

  • Daniele Bragança

    Repórter e editora do site ((o))eco, especializada na cobertura de legislação e política ambiental.

Leia também

Notícias
14 de maio de 2017

Richard Rasmussen e a polêmica sobre o boto

Filme inédito no Brasil apresenta depoimento de pescadores que teriam acusado o biólogo de pagá-los para sacrificar boto na Amazônia

Reportagens
27 de maio de 2024

Extinção do Cristalino II pode levar à morte 12 mil macacos-aranha-de-cara-branca

Espécie, ainda pouco estudada, tem população em declínio e já é considerada Em Perigo de extinção. Unidade de conservação possui outras 11 espécies ameaçadas

Salada Verde
24 de maio de 2024

Comissão da Câmara aprova projeto que aumenta pena para crime ambiental na Amazônia

Proposta também inclui penalização de servidores e agentes públicos que se omitirem diante de tais crimes. Ascema vai avaliar conteúdo do texto

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.