Salada Verde

Projeto Coral Vivo lança guia de consumo consciente de pescado

Com 64 páginas, a publicação digital reúne orientações sobre consumo e práticas de pesca que contribuam com a sustentabilidade de espécie de recifes de coral

Marcos Furtado ·
28 de setembro de 2020 · 1 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Capa do guia Do Mar à Mesa.

Com uma grande biodiversidade, os recifes de corais são locais que atraem a prática da pesca. Apesar de contribuir com o desenvolvimento econômico de cidades e comunidades litorâneas, a pescaria requer práticas que contribuem para a manutenção da existência das espécies marinhas. Ciente da necessidade de conscientização sobre a pesca, o Projeto Coral Vivo lançou a livro digital “Do Mar À Mesa – Guia de Consumo Consciente de Pescado da Costa do Descobrimento”.

Resultado do diálogo com associações de pesca e pescadores locais, o Guia reúne em 64 páginas informações sobre consumo consciente, conservação das espécies e dos ambientes e a promoção de inclusão social associada à pesca artesanal. “Esperamos contribuir e ajudar também a promover a inclusão social associada à pesca artesanal, criando um novo vetor na cadeia produtiva local, que aproxime os principais atores desse segmento, o pescador e a pescadora, do consumidor final”, destaca a oceanógrafa Flávia Guebert, coordenadora geral do Projeto Coral Vivo.

A publicação virtual ainda aborda aspectos históricos da pesca artesanal, sustentabilidade do pescado e a importância dos recifes de coral. A iniciativa faz parte de uma série de livros do Museu Nacional e conta com o patrocínio da Petrobras. (Marcos Furtado)

Confira o guia aqui.

 

Leia Também 

Preço, desinformação e desinteresse ainda são barreiras ao consumo sustentável

 

  • Marcos Furtado

    Escreveu para ((o))eco, Estadão, Folha de SP, Colabora. Ganhou o Prêmio Santander Jovem Jornalista e teve o 3º lugar em concurso do ICFJ

Leia também

Reportagens
26 de fevereiro de 2019

Preço, desinformação e desinteresse ainda são barreiras ao consumo sustentável

Consumidor que quer saber origem da carne vermelha não tem vida fácil em supermercados

Notícias
20 de janeiro de 2022

“Essa tese de que vamos abrir a cerca para o gado passar não será predominante no meu governo”, diz Lula

Em entrevista coletiva, pré-candidato do PT à presidência falou em meio ambiente urbano, pesticidas e defendeu o legado de construção de grandes hidrelétricas na Amazônia

Análises
20 de janeiro de 2022

Além do plantio: incluindo pessoas na restauração florestal

Mais importante do que “apenas” plantar árvores, é necessário conciliar a conservação ambiental com produção sustentável através da integração de paisagens e pessoas

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. Flávia diz:

    Excelente artigo.. bem mais aprofundado do que tenho visto em outros canais que tocam no assunto de restauração. Obrigada, Veronica.