Fotografia

O primeiro mergulho de Gavião

Gavião passou 10 anos amarrado com um cabo de aço. Quando viu tanta água não sabia se nadava ou parava para beber. Foto: Carolina Mourão

Redação ((o))eco ·
14 de fevereiro de 2012 · 10 anos atrás
Gavião já conhece ((o))eco de longa data. No final de 2005, a repórter Carolina Mourão foi até a fazenda da ONG No Extinction para dar boas-vindas a esta onça pintada, que se via finalmente livre do cabo de aço que o manteve preso por mais de 10 anos. Nesta foto está registrado o primeiro mergulho do animal, que até então só havia tomada alguns banhos de mangueira. Seis anos depois Gavião já está bem adaptado, mas a NEX ainda precisa de doações para continuar acolhendo animais como ele.

Nem um pouco selvagem (2005)
ONG familiar dá abrigo a onças pintadas (2012)

Leia também

Notícias
26 de novembro de 2021

Informação obtida via LAI revela que MCTI recebeu dados do desmatamento em 1º de novembro

Ministro Marcos Pontes disse que dados não foram publicados antes da Conferência do Clima porque ele estava de férias. Agenda oficial registra férias entre 8 e 19 de novembro

Notícias
26 de novembro de 2021

Jornalismo digital brasileiro se une em campanha de financiamento

Ação reúne 26 organizações com objetivo de arrecadar doações para fortalecimento do jornalismo digital de qualidade

Reportagens
26 de novembro de 2021

MPF pede anulação da Licença de Instalação do Linhão Tucuruí na terra Waimiri Atroari

Ação aponta que União e a Transnorte agem ilegalmente no licenciamento da obra. Autossuficientes em energia elétrica, os Waimiri Atroari são contra o empreendimento e sentem “a floresta sangrar”

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta