Fotografia

Por que o tucano-de-bico-preto filhote atravessa a rua?

Resgatado por um guarda municipal, este filhote de tucano-de-bico-preto quase foi atropelado na zona sul do Rio de Janeiro. Foto: Divulgação/GM-Rio

Redação ((o))eco ·
10 de dezembro de 2012 · 9 anos atrás

O tucano-de-bico-preto pode ser encontrado desde a Amazônia até Santa Catarina, e na manhã desta segunda-feira este assustado filhote foi encontrado por um guarda municipal no Leblon, bairro do Rio de Janeiro. Comum na copa de florestas úmidas, o jovem da foto estava um pouco longe de seu habitat natural, andando pelas ruas de asfalto da zona sul carioca enquanto tentava alçar vôo.

Sorte dele que o guarda municipal Jefferson Campelo, durante seu patrulhamento de rotina, topou com ele a tempo de parar o trânsito e evitar que fosse mais uma vítima do trânsito cada vez mais caótico das cidades brasileiras. Após o resgate foi levado para o Parque Chico Mendes, na zona oeste do Rio, onde recebeu um primeiro atendimento antes de ser encaminhado para uma faculdade de veterinária.

O tucano-de-bico-preto faz ninho em cavidades de árvores, a cerca de 10 metros do chão. A mamãe tucano põe de 2 a 4 ovos de cada vez, com um período de incubação de 18 dias. Ela incuba os ovos sozinha, sendo alimentada com insetos, aranhas, ovos e filhotes de outras aves pelo macho durante o período.

Desejamos ao tucaninho um pronto restabelecimento.

Foto: Divulgação/GM-Rio

 

Leia também

Salada Verde
3 de dezembro de 2021

Paraná pretende reativar trecho brasileiro de trilha histórica que liga o Atlântico ao Pacífico

Chamada de Caminhos do Peabiru, trilha tem 1.550 no trecho paranaense, que vai de Paranaguá a Guaíra. Caminho era usado por incas e guaranis, antes da colonização

Notícias
3 de dezembro de 2021

Amapá vende terras públicas invadidas a R$ 46 o hectare

Estado possui mais de 2,5 milhões de hectares de áreas ainda não destinadas. Cerca de 50% deste total é classificado como de importância biológica extremamente alta

Reportagens
3 de dezembro de 2021

Novo Código de Mineração propõe aprovação automática de milhares de processos parados na ANM

Proposta pode afetar mais de 90 mil requerimentos que aguardam aprovações técnicas e ambientais; medida ainda interfere na criação de unidades de conservação e dificulta demarcação de terras indígenas

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta