Notícias

Cerrado pela metade

Estimativas apontam que Cerrado já perdeu 48,8% de sua vegetação original. Isso equivale à soma das áreas dos estados de Mato Grosso e Santa Catarina. Números oficiais saem em 11 de setembro.

Redação ((o))eco ·
1 de setembro de 2009 · 12 anos atrás

O governo realiza hoje nova reunião técnica para preparar a divulgação, em 11 de setembro (Dia do Cerrado), dos novos números sobre a devastação do bioma. As estimativas são de que 48,8% de sua vegetação original já foram para o beleléu, ou 994 mil quilômetros quadrados – algo como as áreas de Mato Grosso e de Santa Catarina somadas. O restante apresenta alto índice de fragmentação, principalmente na metade sul do bioma, mas há belas e boas porções dignas de conservação. Coisa para ontem. Os números oficiais anteriores apontavam que quatro em dez hectares do bioma tinham desaparecido. Cerrado e Caatinga ainda não foram reconhecidos pelo Congresso como patrimônios naturais do país, por pressão de ruralistas e desprezo governista pela área ambiental.

Leia também

Análises
20 de janeiro de 2022

Além do plantio: incluindo pessoas na restauração florestal

Mais importante do que “apenas” plantar árvores, é necessário conciliar a conservação ambiental com produção sustentável através da integração de paisagens e pessoas

Notícias
19 de janeiro de 2022

Com pedido de Wassef, Justiça libera madeira apreendida em operação histórica

O advogado da família Bolsonaro conseguiu a liberação de madeira e bens da empresa MDP Transportes, uma das afetadas pela operação da PF que resultou na maior apreensão de madeira já feita

Salada Verde
18 de janeiro de 2022

Em evento, Bolsonaro comemora redução de 80% das multas do Ibama

“Nós reduzimos em mais de 80% as multagens no campo”, disse o presidente, que creditou ao ex-ministro Salles e à ministra da Agricultura, Teresa Cristina, as boas medidas para o campo

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta