Notícias

Carona segura

Bigoo, novo site para caroneiros, traz como diferencial o sistema usado nas redes sociais, como o Facebook, o que garante segurança para quem pega e quem oferece carona.

Redação ((o))eco ·
11 de março de 2010 · 12 anos atrás

Um dos grandes empecilhos para a entrada de vez da cultura da carona no Brasil ainda é a segurança. Não saber quem vai te levar para o local desejado – ou quem se está carregando – é o motivo corriqueiro alegado por quem não adotou a prática.  Pensando nisso, um grupo de jovens do Recife resolveu criar um sistema online de carona que oferece todas as ferramentas dos sites de caroneiros que já existem por aí – como sistemas de alerta e mapas, por exemplo , mas, segundo eles, com o diferencial da segurança, conseguido por meio de uma rede social. “Você pode escolher quem tem acesso à carona que você está oferecendo: só seus amigos, amigos e amigos dos amigos. Ou então deixá-la pública”, explica Davi Pires Rios, um dos criadores do site.

Chamado Bigoo, o sistema foi criado há seis meses e já conta com 1.900 usuários. A maioria deles é da Região Metropolitana de Recife, mas o site já foi utilizado por caroneiros do sudeste, do sul e de outros países, como a Alemanha. “No mês passado, quando teve a greve de ônibus em Belo Horizonte, montamos uma parceria com um site de lá, que fez a divulgação na cidade, e várias pessoas se cadastraram para organizar caronas durante a greve”, explicou.

A idéia do Bigoo surgiu quando os meninos ainda estavam na faculdade e viam, diariamente, uma cena muito comum em todas as cidades brasileiras: carros com apenas um ocupante. “Alguns de nós que já tinham morado no exterior sabiam que existia sistemas de carona, mas faltava bolar um jeito de fazer a idéia funcionar no Brasil, pois a violência urbana deixa todos com medo de compartilhar carro”.

Rios admite que o Bigoo ainda está engatinhando, mas os projetos de expansão dos serviços – como a funcionalidade de grupos para empresas e universidades, por exemplo – estão prestes a sair do papel, o que deve impulsionar o sistema. “Para tornar o transporte solidário uma realidade, precisamos de uma ‘massa crítica’ de pessoas cadastradas. Também é importante dizer que a carona não é a solução para todos os problemas. Entendemos que ela está associada a uma mudança de cultura, tendo o transporte público e o transporte não-motorizado como prioridade”, diz.

Atalho:

– Bigoo

Outros sites para caroneiros:

Carona Brasil – Com todas as jornadas dos usuários do site, o número de quilômetros rodados ultrapassa 5 milhões, o que, segundo as contas do Carona Brasil, representa economia de R$ 303 mil e um alívio para o planeta de 171,61 toneladas de CO2 que deixam de ser jogados na atmosfera.
 

 

Vai pra onde?  Oferece guia de hotéis e esportes de aventura para vários destinos
 

Caroneiros Traz notícias sobre o transito.

Leia também

Análises
22 de outubro de 2021

Por uma nova onda de soluções para a resiliência e a saúde do oceano

Estudo do FMI estima que 8 milhões de toneladas de lixo plástico acabam no mar todos os anos, sendo 80% provenientes do continente. Se não mudarmos esse quadro, o oceano terá mais lixo do que peixes até 2050

Salada Verde
21 de outubro de 2021

Polícia Civil do Maranhão prende um dos homens que matou onça preta e se gabou nas redes sociais

Corpo do animal abatido foi filmado por três homens, que comemoraram o feito. O homem preso também será multado pelo Ibama.

Reportagens
21 de outubro de 2021

COP26 – Brasil tentou minimizar impacto das emissões da pecuária em relatório do IPCC

País também defendeu que aumento do desmatamento não é resultado da política atual brasileira. Outros países fizeram lobby para mudar relatório climático.

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta