Notícias

Lama tóxica é um risco para Europa

Hungria sofre com altos impactos ambientais por derramamento de resíduos industriais na bacia do Danúbio

Redação ((o))eco ·
11 de outubro de 2010 · 11 anos atrás

Organizações não governamentais alertaram que o derrame de águas barrentas e poluídas na bacia do rio Danúbio,  provenientes do rompimento de uma barragem para armazenamento de resíduos de uma fábrica de alumínio no sul da Hungria, pode causar desastre ambiental mais grave na região do que o vazamento de cianeto na bacia do rio em 2000. A lama, escorrida no dia 4 de outubro, cobriu 40 quilômetros quadrados, promovendo mortes de milhares de animais e contaminação de áreas agricultáveis. Além disso afirmam, que como na Hungria outras barragens representam risco ao leste europeu. (veja mapa no fim desta página)

As imagens de satélite abaixo mostram a área onde está barragem e os campos e rios afetados pela lama tóxica 

Este mapa mostra todos os locais com reservatórios com lama tóxica no Leste da Europa, onde acidentes como o ocorrido na Hungria podem se repetir . Clique nos cursores para navegar 


Visualizar Reservatórios Alumínio em um mapa maior

Leia também

Notícias
8 de dezembro de 2021

Prefeitos definirão a faixa de proteção das matas ciliares nas cidades

Câmara rejeita mudanças vindas do Senado e conclui votação do Projeto de Lei que flexibiliza faixas de áreas de proteção permanente nas áreas urbanas

Reportagens
8 de dezembro de 2021

Governo tenta incluir garimpeiros e pecuaristas na lista de comunidades tradicionais

Proposta foi feita por secretaria ligada ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, pasta comandada por Damares Alves

Reportagens
8 de dezembro de 2021

Ribeirinhos convertem-se ao ouro e desafiam contaminação por mercúrio no rio Madeira

Estimulados pelo alto lucro e desamparados de políticas que fortaleçam um modo de vida tradicional, ribeirinhos são empurrados para o garimpo; juntos, constroem pequenas balsas de até R$ 50 mil para extrair "fagulhas de ouro" do fundo do rio

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta