Notícias

Helicóptero do Ibama sofre sabotagem no Mato Grosso

Órgão ambiental acionou Polícia Federal ao constatar que uma das aeronaves usadas na fiscalização teve os fios do motor cortados com alicate.

Daniele Bragança ·
3 de outubro de 2012 · 10 anos atrás
Acima, helicóptero usado em fiscalização foi sabotado em Mato Grosso. Foto: Nicélio Silva - Ascom Ibama/MT.
Acima, helicóptero usado em fiscalização foi sabotado em Mato Grosso. Foto: Nicélio Silva – Ascom Ibama/MT.

Um helicóptero do Ibama, usado na fiscalização contra desmatamento, sofreu sabotagem no início de setembro.  A Polícia Federal está investigando o crime. Os responsáveis pela sabotagem poderão responder por tentativa de homicídio e atentado contra a segurança do transporte aéreo.

Tudo foi descoberto depois que o computador da aeronave identificou uma problema durante a decolagem no aeroporto de Sinop, no Mato Grosso. O mecânico verificou que os fios responsáveis pela potência das hélices do helicóptero foram cortados com um alicate. Não fosse o alerta eletrônico, o helicóptero poderia ter caído.

O helicóptero realizava sobrevoos diários de reconhecimento nas áreas identificadas pelo Sistema Deter, do INPE. Em agosto, o Deter detectou um aumento de 220% sobre o mesmo mês do ano passado na região amazônica. Para coibir esse aumento, o Ibama deflagrou a Operação Soberania Nacional, que reúne centenas de fiscais, advindos de vários estados, para combater o aumento o desmatamento no Mato Grosso e Pará. No auge da operação, estavam em campo 250 fiscais do Ibama.

Funciona assim: a partir da análise de imagens de satélite, o Deter (Detecção de desmatamento em tempo real) envia alertas que podem ser até diários ao Ibama. Com o local mapeado, o helicóptero é enviado para sobrevoar o local e, confirmado o problema, passar uma mensagem de rádio às equipes que farão a abordagem por terra. Para a tarefa, o Ibama conta com 105 veículos adaptados ao solo amazônico. Mais de 70% das imagens detectadas em agosto pelo satélite já foram fiscalizadas com o uso do helicóptero e das equipes em terra.

A sabotagem ocorreu no começo do mês de setembro, mas foi divulgada somente ontem pelo Ibama. A Polícia Federal é a responsável pelo inquérito. Depois de uma perícia, para coletar possíveis impressões digitais, o helicóptero voltou ao uso.

  • Daniele Bragança

    Repórter e editora do site ((o))eco, especializada na cobertura de legislação e política ambiental.

Leia também

Reportagens
12 de agosto de 2022

Conhecer para preservar: atrizes de Pantanal contam como se apaixonaram pelo bioma

Letícia e Malu explicam a paixão despertada pelo bioma durante as gravações e destacam importância da conservação para a região

Notícias
12 de agosto de 2022

Amazônia perdeu área equivalente à cidade de São Paulo em julho, mostra INPE

Números foram atualizados nesta sexta-feira. Desmatamento em 2022, segundo o Deter, chegou a 8.600 km², área quase do tamanho de Rio Branco (AC)

Notícias
12 de agosto de 2022

Monitoramento de baleias no Rio registra trânsito de 58 baleias próxima das ilhas Cagarras

Desde o ano passado, o Projeto Ilhas do Rio acompanha o corredor migratório das jubartes pelo litoral do Rio. Pesquisadores alertam para grande volume de lixo na rota das baleias

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta