Notícias

Traficante detido duas vezes em outubro continuará livre

Em Mato Grosso do Sul, a polícia deteve dois homens com 38 papagaios. Um deles é reincidente, mas já está livre e pode recorrer da multa.

Fábio Pellegrini ·
17 de outubro de 2012 · 9 anos atrás
Papagaios apreendidos pela Polícia Militar de Mato Grosso do Sul. No caminho do tráfico, muitos morrem pelo transporte precário. (oto: PMA/MS)
Papagaios apreendidos pela Polícia Militar de Mato Grosso do Sul. No caminho do tráfico, muitos morrem pelo transporte precário. (oto: PMA/MS)

Campo Grande (MS) – A Polícia Militar Ambiental de Mato Grosso do Sul (PMA/MS) apreendeu, no sul do Estado, na segunda-feira (15), mais 46 filhotes de papagaios que seriam comercializados ilegalmente em São Paulo.

As aves estavam em caixas dentro de um veículo conduzido por dois homens, um dos quais, no início de outubro, já fora autuado pela PMA com 38 aves. Ambos responderão em liberdade, o traficante reincidente ainda não foi julgado pelo primeiro caso.

O fato aconteceu em meio à campanha educativa da Polícia Militar Ambiental do Mato Grosso do Sul (PMA-MS) com o objetivo de prevenir o tráfico de animais silvestres, atividade que se intensifica na primavera, período de reprodução de grande parte de espécies da avifauna.

Os traficantes foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil de Ivinhema e responderão por crime ambiental. Poderão pegar pena de 6 meses a 1 ano de detenção. Cada um também foi multado em R$ 46.000,00, embora a legislação permita recorrerem do pagamento.

Os animais foram encaminhados ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), em Campo Grande, onde passarão por exames de sanidade exigidos pela legislação brasileira para serem reintroduzidos na natureza.

Leia também

Reportagens
2 de dezembro de 2021

Secas recorrentes afetam a capacidade de recuperação da Floresta Amazônica, alerta estudo

Nas últimas duas décadas, a Floresta Amazônica tem sido impactada por secas cada vez mais intensas e frequentes. As mais severas ocorreram em 2005, 2010 e 2015

Notícias
1 de dezembro de 2021

Amazônia acumula 73 mil focos de incêndio em 2021, segundo dados do INPE

Há menos de uma semana, Bolsonaro voltou a afirmar que “floresta úmida não pega fogo”. Número de queimadas no Pampa segue em alta

Notícias
1 de dezembro de 2021

Audiência Pública discute projeto de lei que quer municipalizar áreas de preservação em Angra dos Reis

Projeto que altera gestão da APA Tamoios é da deputada Célia Jordão, esposa do prefeito de Angra. Cerca de 40 organizações se manifestaram contrárias ao PL

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. Treep diz:

    Vejo como de extrema importância a preservação dessas areas,
    o turismo agradece e deve ser feito de forma consciente.
    Não sei o que é melhor, mas com o governo atual, municipalizar talvez não seja tão ruim , desde que seja com leis próprias que garantam manter preservado e fiscalizado.