Notícias

Balsa vira e derrama composto asfáltico no Rio Negro

Trinta mil litros de composto usado para produção de asfalto vazam depois que embarcação em que estavam bate em rochas do rio e afunda.

Vandré Fonseca ·
27 de março de 2013 · 9 anos atrás
Dois tanques caíram na água. O conteúdo de um deles se espalhou pelo rio. Fotos: Vandré Fonseca
Dois tanques caíram na água. O conteúdo de um deles se espalhou pelo rio. Fotos: Vandré Fonseca

Manaus, AM – Uma balsa carregada de Composição Asfáltica Primária, utilizada para a produção de asfalto, tombou em um porto privado, em Manaus, provocando o derramamento do produto no Rio Negro. Dois tanques caíram na água, cada um com 30 mil litros. O conteúdo de um deles vazou para as águas do rio. A retirada do derivado de petróleo da água está sendo acompanhada pelo Instituto de Proteção Ambiental do Estado do Amazonas (Ipaam) e deve durar até a próxima segunda-feira.

Balsa carregava produto usado na produção de asfalto.
Balsa carregava produto usado na produção de asfalto.

O acidente aconteceu na manhã da terça-feira (26) e foi descoberto pelo Batalhão Ambiental da Polícia Militar, que mantém uma base flutuante a poucos metros do local do derramamento.

Funcionários da empresa afirmam que a balsa se chocou contra rochas no fundo do rio, causando uma rachadura no casco. Com a entrada da água, a embarcação virou e derrubou 2 dos 4 tanques que carregava. Segundo informações do Ipaam, a empresa Chehuan tem licença ambiental para transporte do produto, mas não a tinha para fazer o transbordo da carga naquele local.

O Ipaam deu prazo de 30 dias para a empresa apresentar um relatório conclusivo sobre as causas do acidente e a comprovação de destinação do produto retirado da água. Ela terá também que recolher os tanques afundados e providenciar a limpeza de barcos atingidos pela mancha do produto.

De acordo com o instituto, a empresa tomou medidas emergenciais de contenção. A mancha de derivado de petróleo sobre a água media, segundo o Ipaam, cerca de 900 metros quadrados (equivalente a um quadrado de 30×30 metros). Mas esta informação não leva em conta que parte do produto escapou da contenção e foi levada pela correnteza do Rio Negro. O material derramado, Composição Asfáltica Primária, é inflamável e bastante aderente. Para remediar a situação, o Centro de Defesa da Amazônia, da Petrobras, foi acionado.

A Delegacia Especializada em Crimes contra o Meio Ambiente (Dema) está investigando e já ouviu os responsáveis pela Chehuan. Só após uma perícia, segundo a delegacia, será possível determinar responsabilidades e penalidades pelo acidente.

Operário da empresa acompanha retirada do produto dos tanques que ficaram na balsa.
Operário da empresa acompanha retirada do produto dos tanques que ficaram na balsa.

Leia também

Salada Verde
3 de dezembro de 2021

Paraná pretende reativar trecho brasileiro de trilha histórica que liga o Atlântico ao Pacífico

Chamada de Caminhos do Peabiru, trilha tem 1.550 no trecho paranaense, que vai de Paranaguá a Guaíra. Caminho era usado por incas e guaranis, antes da colonização

Notícias
3 de dezembro de 2021

Amapá vende terras públicas invadidas a R$ 46 o hectare

Estado possui mais de 2,5 milhões de hectares de áreas ainda não destinadas. Cerca de 50% deste total é classificado como de importância biológica extremamente alta

Reportagens
3 de dezembro de 2021

Novo Código de Mineração propõe aprovação automática de milhares de processos parados na ANM

Proposta pode afetar mais de 90 mil requerimentos que aguardam aprovações técnicas e ambientais; medida ainda interfere na criação de unidades de conservação e dificulta demarcação de terras indígenas

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta