Notícias

A devastação do tufão Haiyan: antes e depois

Veja imagens de satélite que mostram o antes e o depois da passagem do tufão Haiyan pelas Filipinas. Descubra também como ajudar as vítimas da tragédia.

Paulo André Vieira ·
14 de novembro de 2013 · 8 anos atrás

Nas imagens abaixo do Digital Globe é possível ter uma noção da devastação causada pelo tufão Haiyan, que atingiu as Filipinas no dia 8 de novembro de 2013. O Haiyan é possivelmente o mais forte tufão já registrados na era dos satélites. Este blog já mostrou anteriormente imagens do Haiyan feitas do espaço, e o Ecolab, nosso laboratório de jornalismo ambiental, disponibilizou um tutorial feito por Imelda Abano, fundadora da Rede de Jornalistas Ambientais das Filipinas, mostrando como jornalistas podem atuar em regiões de desastre e divulgar notícias e informações críticas para a população afetada através de ferramentas de mensagens via celular. Este tutorial foi lançado como apoio à equipe da Internews que vai participar no esforço de recuperação do Tufão Haiyan.

Se você quiser ajudar as vítimas do tufão de alguma forma, a EBC disponibilizou uma lista com nove organizações que estão recolhendo doações. Veja a lista.

Clique nas fotos abaixo para ampliar.

 

(Via Gizmodo Brasil)

 

Leia também

O rastro do tufão Haiyan visto do espaço
COP19 inicia com clima frio e incertezas
No olho do tufão

  • Paulo André Vieira

    Produtor Editorial formado pela UFRJ, atua em ((o))eco desde 2007 escrevendo sobre geojornalismo e cuidando da edição e gestão do site.

Leia também

Notícias
22 de outubro de 2021

“Adote um ninho”: Conheça a campanha para a preservação dos papagaios brasileiros

Campanha busca incentivar a proteção dos papagaios por meio da construção de ninhos artificiais para suprir a falta de cavidades naturais, que estão diminuindo por conta do desmatamento

Análises
22 de outubro de 2021

Por uma nova onda de soluções para a resiliência e a saúde do oceano

Estudo do FMI estima que 8 milhões de toneladas de lixo plástico acabam no mar todos os anos, sendo 80% provenientes do continente. Se não mudarmos esse quadro, o oceano terá mais lixo do que peixes até 2050

Salada Verde
21 de outubro de 2021

Polícia Civil do Maranhão prende um dos homens que matou onça preta e se gabou nas redes sociais

Corpo do animal abatido foi filmado por três homens, que comemoraram o feito. O homem preso também será multado pelo Ibama.

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 2

  1. MARLI ALVES PEREIRA VASCONCELLOS diz:

    Não entendo o porquê esconder o rosto do homem, adulto!! Ele mostrou a cara nas redes sociais!! É preciso identificar criminosos.


    1. JOCEMIR VIEIRA JUNIOR diz:

      Verdade.
      E um ano e seis meses é muito pouco pra esse tipo de crime!