Notícias

Liberação do plantio de cana na Amazônia avança no Senado

Proposta de senador ruralista é vista com preocupação por ambientalistas e pode agravar desmatamento em diferentes regiões da floresta

Daniel Santini ·
5 de dezembro de 2013 · 9 anos atrás

Avançou no Senado Federal a proposta do senador ruralista Flexa Ribeiro (PSDB-PA) de liberar o plantio de cana-de-açúcar na Amazônia. Apesar de o projeto prever o uso de áreas ja degradadas e/ou ocupadas por biomas que não o Amazônico, a possibilidade de vastas áreas serem ocupadas por latifúndios de monocultivo com uso intenso de veneno no cultivo preocupa ambientalistas e provocou reações de diferentes grupos ambientalistas. O Greenpeace, em nota publicada nesta quarta-feira (4), classificou o episódio como mais um “retrocesso ruralista” e apontou a possibilidade de a pressão econômica empurrar outras atividades em direção à áreas preservadas.

Entenda o caso:

 

Leia também:
Nuvens negras sobre a Amazônia brasileira
Comissão aprova plantio de cana na Amazônia Legal
Pressão por cana no Pantanal

  • Daniel Santini

    Responsável pela plataforma ((o)) eco Data. Especialista em jornalismo internacional, foi um dos organizadores da expedição c...

Leia também

Reportagens
8 de fevereiro de 2023

Os sem floresta: a perda de habitat que ameaça os macacos brasileiros

Levantamento mapeia a perda de habitat para 190 espécies de mamíferos terrestres brasileiros e alerta para situação dos primatas e suas florestas cada vez menores

Notícias
8 de fevereiro de 2023

Entidades e partidos políticos reivindicam participação no acordo Mercosul-UE

Texto do documento, assinado na gestão Bolsonaro, é desconhecido da sociedade civil. Organizações alertam para impactos ambientais da proposta

Reportagens
7 de fevereiro de 2023

No Canadá, ecoa antiga demanda pela criação do Parque Nacional do Albardão

Em congresso internacional de áreas marinhas protegidas, ambientalistas buscam apoio para criação de unidade de conservação proposta há 15 anos

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta