Salada Verde

Caminhos revelados na Serra dos Órgãos

  Coisa rara nas áreas protegidas, um guia traz 43 trilhas e outros atrativos no interior e vizinhança do setentão Parque Nacional da Serra dos Órgãos.

Salada Verde ·
11 de janeiro de 2010 · 12 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
 
Foto: Aldem Bourscheit
Foto: Aldem Bourscheit

Em formato 14 x 21 centímetros e com 256 páginas recheadas com mais de trezentas fotos e mapas coloridos, a publicação revela 43 roteiros no parque e vizinhanças imediatas, como atrativos históricos, cachoeiras, trilhas autoguiadas e uma seleção de outras roteiros e escaladas pelas montanhas. Tudo com informações sobre tempo de percurso, distância, esforço, dificuldades técnicas e de orientação, permitindo que cada tipo de visitante escolha a aventura mais adequada e segura, em qualquer época do ano.

De autoria do montanhista Waldyr Neto e Ernesto Viveiros de Castro, chefe do parque, o livro também traz informações sobre a história e a biodiversidade regional, bem como dicas de conduta em ambientes naturais e normas da área protegida. O guia custa 40 reais e pode ser adquirido no parque, livrarias, lojas especializadas em montanhismo ou encomendados pelo e-mail [email protected]
 

 

Leia também

Notícias
26 de novembro de 2021

Informação obtida via LAI revela que MCTI recebeu dados do desmatamento em 1º de novembro

Ministro Marcos Pontes disse que dados não foram publicados antes da Conferência do Clima porque ele estava de férias. Agenda oficial registra férias entre 8 e 19 de novembro

Notícias
26 de novembro de 2021

Jornalismo digital brasileiro se une em campanha de financiamento

Ação reúne 26 organizações com objetivo de arrecadar doações para fortalecimento do jornalismo digital de qualidade

Reportagens
26 de novembro de 2021

MPF pede anulação da Licença de Instalação do Linhão Tucuruí na terra Waimiri Atroari

Ação aponta que União e a Transnorte agem ilegalmente no licenciamento da obra. Autossuficientes em energia elétrica, os Waimiri Atroari são contra o empreendimento e sentem “a floresta sangrar”

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta