Salada Verde

Ibama apreende xaxim ilegal em SC

Quase 43 m³ de xaxim descobertos em empresa catarinense, que foi interditada e recebeu multa de 28 mil reais.

Redação ((o))eco ·
19 de agosto de 2010 · 11 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
 
Empresa interditada por crimes ambientais (foto: divulgação Ibama)

O Ibama apreendeu 42,8 m³de xaxim (Dicksonia selowiana) em empresa do município de Santa Cecília, Santa Catarina. A quantidade equivale a um caminhão cheio de madeira. As atividades ilegais estavam sendo praticadas há seis meses e, juntamente com o crime ambiental, a empresa funcionava sem licença, mantia um estoque irregular de xaxim e fazia corte de árvores nativas ameaçadas de extinção sem as permissões necessárias.

Os agentes ambientais do Ibama em parceria com a Polícia Federal de Lages/SC, apreenderam xaxim in natura e em vasos prontos para a venda, um trator e uma motoserra. A área de floresta nativa na qual o xaxim era extraído foi identificada. As atividades da empresa foram embargadas e.como resultado foram lavrados três autos de infração e uma multa de mais de 28 mil reais.

Gilberto Feldhaus, chefe da Unidade Avançada do Ibama em Caçador/SC, faz o alerta para riscos de prisão e processos para crimes ambientais e retoma a importância das denúncias de irregularidades ambientais e práticas danosas ao meio ambiente pela população. Pela Linha Verde (0800-618080) os cidadãos podem denunciar atividades ilegais de forma anônima e gratuita. (Laura Alves com informações do Ibama)

Leia também

Notícias
26 de novembro de 2021

Informação obtida via LAI revela que MCTI recebeu dados do desmatamento em 1º de novembro

Ministro Marcos Pontes disse que dados não foram publicados antes da Conferência do Clima porque ele estava de férias. Agenda oficial registra férias entre 8 e 19 de novembro

Notícias
26 de novembro de 2021

Jornalismo digital brasileiro se une em campanha de financiamento

Ação reúne 26 organizações com objetivo de arrecadar doações para fortalecimento do jornalismo digital de qualidade

Reportagens
26 de novembro de 2021

MPF pede anulação da Licença de Instalação do Linhão Tucuruí na terra Waimiri Atroari

Ação aponta que União e a Transnorte agem ilegalmente no licenciamento da obra. Autossuficientes em energia elétrica, os Waimiri Atroari são contra o empreendimento e sentem “a floresta sangrar”

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta