Salada Verde

Alerj votará projeto que anexa a Floresta do Camboatá ao Parque Estadual do Mendanha

Apesar de aprovado por duas comissões há mais de um ano, o texto só será levado agora para votação no plenário. Proposta pode frear avanço de projeto do autódromo sobre Camboatá

Daniele Bragança ·
11 de agosto de 2020 · 2 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Projeto de Lei nº 4438/2018. Imagem: Reprodução.

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) votará nesta quinta-feira (13) o projeto de lei de autoria do deputado Carlos Minc (PSB) e do ex-deputado André Larazoni que anexa a Floresta do Camboatá, em Deodoro, Zona Norte do Rio de Janeiro, ao Parque Estadual do Mendanha-Gericinó. A área, de 160 hectares, é o local onde pretendem construir o novo autódromo do Rio.

O projeto foi aprovado por duas comissões – Constituição e Justiça e Meio Ambiente – e precisa ser votado duas vezes no plenário para ir à sanção. A expectativas dos ambientalistas é que a proteção do Camboatá inviabilizaria o processo de licenciamento do novo autódromo do Rio, cuja proposta atual é ser erguido justamente naquela área verde. (Daniele Bragança).

 

Leia Também 

Floresta do Camboatá, onde as nuvens dão vida a um peixe

 

 

  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Análises
11 de agosto de 2020

Floresta do Camboatá, onde as nuvens dão vida a um peixe

Camboatá foi mantida preservada ao longo dos anos em uma região que sofreu intenso processo de urbanização, representando uma importante ilha de Mata Atlântica com mais de 100 hectares

Reportagens
19 de maio de 2022

Pesquisa questiona ocorrência de Mata Atlântica no Piauí

O estudo caracterizou flora e vegetação de florestas estacionais em municípios na área de abrangência da Lei da Mata Atlântica no Piauí e concluiu que não há espécies botânicas exclusivas do Bioma

Notícias
19 de maio de 2022

Em meio à ameaça da mineração, projeto prevê criação de parque na Serra do Curral

O projeto de lei nº 1.125/22 foi apresentado às comissões da Câmara dos Deputados nesta terça-feira (17) pelo deputado Reginaldo Lopes (PT-MG) para garantir a proteção da serra mineira

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta