Salada Verde

Coronel dos bombeiros assume gestão de 5 UCs do estado do Rio

Depois de 10 anos à frente do parque nacional e há quase um na frente do NGI Teresópolis, Leandro Goulart sai da chefia. Coronel da reserva dos bombeiros assume o cargo

Duda Menegassi ·
22 de março de 2021
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Nesta segunda-feira (22) foi oficializada a troca de comando no Núcleo de Gestão Integrada (NGI) Teresópolis do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Sai o analista ambiental Leandro Goulart e entra o Coronel da reserva do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro, Marco Antonio Ferreira Campos. O NGI compreende cinco unidades de conservação no estado do Rio de Janeiro: o Parque Nacional da Serra dos Órgãos, a Reserva Biológica do Tinguá, as Áreas de Proteção Ambiental (APA) Petrópolis e Guapimirim e a Estação Ecológica da Guanabara.

Leandro Goulart estava há 10 anos à frente da gestão do Parque Nacional da Serra dos Órgãos e, em maio de 2020, assumiu também a chefia do NGI Teresópolis, quando este foi criado. O próprio analista pediu o afastamento do cargo junto com o pedido de licença para capacitação a partir de julho. Segundo fontes ouvidas por ((o))eco, Leandro irá assessorar o coronel durante a mudança de comando. O nome do bombeiro militar teria sido indicado dentro do ICMBio. Marco Antonio já atuou como subchefe dos Guarda-Parques e como chefe do Núcleo de Incêndios Florestais dentro do Instituto Estadual de Ambiente do Estado do Rio de Janeiro.

 

*Foto em destaque: Parque Nacional da Serra dos Órgãos. Por Guilherme Pessanha Santos/WikiParques

 

Leia também

Ação do ICMBio na Rebio Tinguá combate prática irregular de off-road e apreende motos

  • Duda Menegassi

    Jornalista ambiental especializada em unidades de conservação, montanhismo e divulgação científica. Escreve para ((o))eco des...

Leia também

Salada Verde
16 de março de 2021

Ação do ICMBio na Rebio Tinguá combate prática irregular de off-road e apreende motos

Ação realizada pela equipe de fiscalização do ICMBio neste domingo (14) lavrou sete autos de infração que totalizam mais de R$7 mil em multa e apreendeu motos que praticavam o off road no interior da reserva

Notícias
25 de janeiro de 2022

Bolsonaro corta 35 milhões do orçamento do Ministério do Meio Ambiente para 2022

Veto do presidente ao orçamento aprovado pelo Congresso reduziu principalmente a verba prevista para prevenção e combate de incêndios, que sofreram corte de 17 milhões

Notícias
25 de janeiro de 2022

Moro acena ao agronegócio e critica a política de meio ambiente de Bolsonaro

Em participação ao Flow Podcast, pré-candidato defende a valorização da agropecuária e acusa o atual governo de estimular o desmatamento ilegal

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta