Salada Verde

Deputado quer permitir produção e mineração dentro das terras indígenas de MT

PEC apresentada na Assembleia se espelha nos índios Pareci, que cultivam soja em suas terras. Em janeiro, ministros do Meio Ambiente e da Agricultura visitaram o local  

Daniele Bragança ·
25 de abril de 2019 · 3 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Os ministros Tereza Cristina (Agricultura) e Ricardo Salles (MMA), visitam produção de soja em terra indígena no Mato Grosso. Prática não é permitida pela legislação atual. Foto: Divulgação.

O deputado estadual Wilson Santos (PSDB) apresentou na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) uma emenda à constituição estadual que autoriza mineração, produção agrícola e pecuária em terras indígenas localizadas no estado. Existem 87 terras indígenas em diferentes estágios de reconhecimento no Mato Grosso, segundo a Funai.

A proposta começou a tramitar no dia 20 de março e acrescenta o seguinte artigo na constituição estadual.

Art. 261-A – É permitido às nações, comunidades, cooperativas e associações indígenas o desenvolvimento de atividades agrícolas, pecuárias e extrativistas nas áreas de suas respectivas aldeias.

Essa produção não necessariamente precisa partir dos indígenas, desde que parte da mão de obra seja de índios. Ou seja, a proposta permite arrendar a terra.

A PEC se espelha nas atividades desenvolvidas pelos índios Pareci, que cultivam 17 mil hectares de soja há mais de 15 anos. A terra indígena foi visitada pelos ministros da Agricultura, Teresa Cristina, Ricardo Salles, do Meio Ambiente, em fevereiro.

 

Leia Também 

Pedidos para explorar mineração em Terra Indígena é ilegal, diz MPF-AM

Dispara desmatamento em Terras Indígenas no Sul da Amazônia

Em cem dias de governo, um século de retrocesso na política indigenista brasileira

 

 

  • Daniele Bragança

    Repórter e editora do site ((o))eco, especializada na cobertura de legislação e política ambiental.

Leia também

Análises
12 de abril de 2019

Em cem dias de governo, um século de retrocesso na política indigenista brasileira

A história não serviu de lição e novamente os direitos das minorias são entregues e submetidos à conveniência política das maiorias pertencentes à bancada ruralista

Notícias
14 de janeiro de 2018

Dispara desmatamento em Terras Indígenas no Sul da Amazônia

Corredor de Terras Indígenas entre Rondônia e Mato Grosso teve 1,2 mil hectares de florestas derrubadas apenas no primeiro semestre do ano passado

Salada Verde
11 de fevereiro de 2019

Pedidos para explorar mineração em Terra Indígena é ilegal, diz MPF-AM

Em ação civil pública, procuradores da República pedem para que a Agência Nacional de Mineração cancele pedidos de exploração mineral, ao invés de apenas paralisá-los

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta