Salada Verde

Governo abre consulta pública sobre tubarões, raia e quimeras

O ICMBio convida a comunidade científica, usuários e a comunidade em geral para participar da ação. As contribuições serão aceitas até o dia 26 de novembro

Sabrina Rodrigues ·
3 de novembro de 2016 · 6 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
A consulta pública sobre tubarões, raia e quimeras vai até o dia 26 de novembro. Foto: Arquivo Cepsul
A consulta pública sobre tubarões, raia e quimeras vai até o dia 26 de novembro. Foto: Arquivo Cepsul
O Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade Marinha do Litoral Sul (Cepsul/ICMBio) convida a comunidade científica, usuários dos recursos e a comunidade em geral para participar da consulta pública sobre o estado de conservação dos tubarões, raias e quimeras marinhos. A consulta segue até o dia 26 de novembro. Estão disponíveis para acesso os nomes das espécies avaliadas como menos preocupantes (LC) e o restante das espécies

Fonte original: ICMBio

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Salada Verde
30 de junho de 2022

Rede internacional de proteção do mero é criada durante Conferência dos Oceanos

Rede de Conservação Meros do Atlântico é composta por organizações do Brasil, Panamá, México, São Tomé e Príncipe e Estados Unidos

Notícias
29 de junho de 2022

Manifestação em Portugal traz apelo da sociedade pela proteção dos oceanos

A Marcha Azul pelo Clima foi realizada em paralelo à Conferência dos Oceanos da ONU e reuniu cerca de 500 pessoas. Manifesto pressiona líderes por ações em prol da preservação dos oceanos

Reportagens
29 de junho de 2022

Brasil perde chance de receber US$ 20 bilhões com paralisação do Fundo Amazônia, diz CGU

Relatório divulgado na última terça-feira pela Controladoria Geral da União defende que houve ação deliberada do governo em interromper funcionamento do Fundo

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta