Salada Verde

Governo prorroga permanência da Força Nacional na Amazônia

Portaria do Ministério da Justiça publicada nesta terça-feira (13) autoriza o emprego da Força Nacional em unidades de conservação federais da Amazônia até 8 de outubro de 2021

Duda Menegassi ·
13 de abril de 2021 · 1 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

O Ministério da Justiça publicou nesta terça-feira (13) uma nova prorrogação da permanência da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) na Amazônia até o dia 8 de outubro de 2021, em apoio às unidades de conservação federais. O emprego da Força Nacional, composta por militares e civis, está em vigor desde outubro de 2018, com prorrogações sucessivas a cada seis meses, e tem como objetivo apoiar o ICMBio no combate ao desmatamento, extração ilegal de minério e madeira, e invasão de áreas federais em caráter “episódico e planejado”.

O contingente a ser disponibilizado obedecerá ao planejamento definido pela Coordenação-Geral de Planejamento e Operações da Força Nacional da Diretoria da Força Nacional de Segurança Pública, do Ministério da Justiça. A FNSP é composta por policiais militares e civis, bombeiros militares e profissionais de perícia dos estados e Distrito Federal.

*Em destaque: Operação da Força Nacional na Amazônia. Foto: Mário Vilela/Funai

Leia também

  • Duda Menegassi

    Jornalista ambiental especializada em unidades de conservação, montanhismo e divulgação científica.

Leia também

Notícias
24 de outubro de 2018

Força Nacional dará apoio nas ações de fiscalização do ICMBio

Agentes obedecerão ao planejamento feito pelo Ministério da Segurança. Reforço ocorreu após ataque a uma equipe de fiscalização, incidente que aconteceu na última sexta-feira

Reportagens
28 de setembro de 2022

Sem peixes e caranguejos, fome assola comunidades pesqueiras da Baía de Guanabara 

Defensores públicos cobram ações emergenciais e políticas de inclusão social para pescadores, após vistoria em rios e manguezais degradados de Duque de Caxias

Salada Verde
28 de setembro de 2022

Cachoeira azul: Secretaria de Meio Ambiente não encontra alterações na água

Responsável foi identificado e deve ser autuado. Laudo técnico ainda irá definir aplicação de multas e penalidades. Investigação também corre em sigilo no Ministério Público

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta