Salada Verde

Maitê Proença e Xico Graziano: conheça os cotados para assumir o MMA

Evaristo Miranda, Paulo Bessa e Evandro Gussi também estão no páreo para assumir a pasta, que seguirá separada do ministério da Agricultura

Daniele Bragança ·
12 de novembro de 2018 · 3 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Sede do Ministério do Meio Ambiente. Foto: OC.

Maitê Proença, Xico Graziano, Evaristo Miranda, Paulo Bessa e Evandro Gussi são os nomes cotados para assumir o ministério do Meio Ambiente a partir do dia 01 de janeiro. Os nomes estão sendo ventilados na imprensa por políticos, apoiadores e os próprios interessados na vaga, que aguardam a decisão do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL).

A especulação em torno do possível ocupante aumentou após a confirmação da Tereza Cristina (DEM-MS) para o ministério da Agricultura, pasta que seguirá separada do ministério do Meio Ambiente.

Até o momento, são esses os nomes cotados:

Maitê Proença ‒ A atriz Maitê Proença está sendo cogitada para a pasta. A atriz tem um trabalho como ambientalista e é uma das signatárias da carta enviada por lideranças ambientais para o presidente eleito após o segundo turno.

Em entrevista ao jornal O Globo, ela afirmou que assumir o ministério ainda é “ideia”: “A ideia é tirar o viés ideológico a que o setor ambiental ficou associado. Trazer um nome que possa abrir as portas que se fecham para os ecologistas. Um nome ligado às causas ambientais, mas que circule nos diversos meios de forma isenta. E que possa colocar a pasta acima de picuinhas políticas. Concordo com tudo. Mas o meu nome é apenas uma ideia”, afirmou.

Xico Graziano ‒ O agrônomo tem bom trânsito tanto na área ambiental quanto na rural e experiência nas duas e é um dos favoritos para assumir a vaga. Ex-chefe de gabinete de Fernando Henrique Cardoso, Graziano foi secretário da Agricultura e também do Meio Ambiente de São Paulo, presidente do Incra, além de deputado federal pelo PSDB (1998-2006). Ainda no primeiro turno das eleições de 2018, se afastou dos tucanos e anunciou voto em Jair Bolsonaro.

Paulo de Bessa Antunes ‒ Presidente da União Brasileira da Advocacia Ambiental (UBAA), Bessa foi Procurador Regional da República, presidente da Comissão Permanente de Direito Ambiental do Instituto dos Advogados Brasileiros e Chefe da Assessoria Jurídica da Secretaria de Estado do Meio Ambiente do Estado do Rio de Janeiro. Entre agosto de 2004 e junho de 2010, manteve uma coluna em ((o))eco, onde escrevia sobre direito ambiental.

Evandro Gussi (PV-SP) ‒ Deputado federal, Gussi já foi cotado para substituir Sarney Filho no ministério do Meio Ambiente. É a segunda vez que seu nome é cotado para a pasta.

Evaristo Miranda ‒ chefe da Embrapa Territorial, o pesquisador Evaristo Miranda estava no topo dos favoritos para assumir a pasta, mas segundo o Direto da Ciência, teria sinalizado que, se convidado, não assumiria o cargo, por problemas de cunho pessoal.

 

 

Leia Também 

Líder da bancada ruralista será a ministra da Agricultura de Bolsonaro

Bolsonaro admite rever proposta de fundir Meio Ambiente com Agricultura

Agronegócio impacta 2 de cada 3 espécie de vertebrados ameaçados no país

 

 

 

 

  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Reportagens
12 de novembro de 2018

Agronegócio impacta 2 de cada 3 espécie de vertebrados ameaçados no país

Foram analisadas 464 espécies de vertebrados ameaçados de extinção no Brasil. Dessas, 309 sofrem pressão direta da atividade agropecuária

Salada Verde
1 de novembro de 2018

Bolsonaro admite rever proposta de fundir Meio Ambiente com Agricultura

Diante da repercussão negativa, principalmente entre ruralistas famosos, o presidente eleito afirma que talvez mantenha os dois ministérios separados

Notícias
7 de novembro de 2018

Líder da bancada ruralista será a ministra da Agricultura de Bolsonaro

Presidente eleito anunciou o nome da deputada Tereza Cristina (DEM-MS) para presidir a pasta, que não será fundida com o Ministério do Meio Ambiente

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 3

  1. Zé Milf diz:

    Maitê podia colaborar como poster-girl do MMA


  2. José diz:

    Tirando Maitè Proença, q não é da área, são bons nomes.


  3. Júlio diz:

    Dronner em parques como lazer pode ser usado?